Só tenho vontade de ir embora

em

Anônima, 32 anos, 1filha , analista de sistemas.

Desabafo Anônimo: Sempre vejo aqui relatos de mães em diferentes situações e sempre me lembro que alguns ângulos estou numa situação melhor e não devo reclamar.
Hoje, todo esse silêncio me fez explodir.
Engravidei sem desejar, ainda nem havia assimilado a novidade quando veio o susto de quase perder o bebê… Ficou tudo bem, mas a gestação teve vários mal estares e vários períodos de repouso. Chegou enfim o tão esperado dia, bolsa rompeu fui para a maternidade, uma crise de ansiedade me roubou meu tão desejado PN (parto normal).
Primeira semana de dor, choro, quase desisti de amamentar, vencemos, meu parceiro foi Parceiro! Aguentou as pontas no parto, nas primeiras semanas e voltou a trabalhar… E junto com o trabalho voltou a estar cansado demais pra cuidar da filha junto comigo.
Há algumas semanas, minha filha que está com quase 5 meses, está bastante chorosa e irritada, passa o dia entre choros, colo, mamá e eu passo dias sem me alimentar direito, sem poder usar o banheiro…
Quando o pai chega, peço pra ficar com ela um pouco e quando vejo ela está cadeirinha e ele jogando videogame, no celular ou simplesmente me devolve a criança depois de poucos minutos.
Hoje brigamos mais uma vez, estávamos jantando quando ela começou a chorar, tive que pega-la no colo, estava tentando colocar comida no prato com uma mão e ele olhando, quando pedi ajuda ouvi “nossa quanto sofrimento”.
Eu não sei mais como ficar, se devo ficar… Mas também sei que não tenho condições de cuidar de minha filha sozinha.
Me sinto perdida, só tenho vontade de ir embora, mas não tenho nem para onde ir.
Sinto falta, muita falta da minha mãe que faleceu há pouco mais de 1 ano e me sinto sozinha, muito sozinha.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Janaína disse:

    A relação muda bastante depois dos filhos…e isso leva tempo até que os dois entendam qual é o seu papel nisso tudo…converse. Bastante. Sempre. Diga o que a deixa angustiada, triste, o trabalho e cansaço que sua filha dá. Lembre a ele que ela é de VOCÊS, não só sua. E deixe ele cuidando dela sozinho um dia inteiro. Nada como sentir na pele para entender. Peça que troque, que dê banho, faça dormir. Muitas vezes achamos que apenas nós mães sabemos fazer o melhor para nossos filhos. E sabemos mesmo. Mas uma amiga me ensinou que “fralda torta não mata bebê”, ou seja, eles fazerem do jeito deles não vai causar nenhum dano…converse. Sempre é muito.
    Que Deus abençoe o lar e a família de vocês. Não desista. É uma fase e vai passar.

    Curtir

  2. natalia disse:

    Nao se sinta assim. Vc tem as duas melhores companhias que poderia ter. Seus filhos. Eu estou tentando suportar nesse momento uma traição absurda. Só queria ter uma familia e filhos. Mas cada vez isso se torna mais complicado.

    Curtir

    1. Talita disse:

      Não diga que ela não pode se sentir assim, não diminua o sofrimento Dela comparando-o com o seu.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s