Jovens que se cortam

Por Paula Osés Quem convive com adolescentes pode estar percebendo o grande aumento no número de jovens que se cortam. Eles estão presentes nas escolas, e começamos a ouvir cada vez mais sobre isso. Às vezes, ele é muito bom para esconder os cortes, mas em outras, deixa os cortes expostos. Mas por que eles…

Parece que foi uma fase ruim e suja

Anônima, 1 filho, dona de casa. Idade: 34 Desabafo Anônimo: Nunca contei isso para ninguém, é algo que vem atormentando a minha vida toda e não sei porque nos últimos meses tem sido um pensamento constante. Não sei dizer se foi um abuso ou uma curiosidade infantil, mas a verdade é que tenho lembranças de,…

Mães são responsáveis pela criação dos filhos até 3 anos em 89% dos casos

Por Helena Martins – Matéria publicada por Agência Brasil – 07/11/2017 Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (07/11/2017) comprova a desigualdade de gênero que marca as famílias brasileiras quando o assunto é a criação dos filhos. Em 89% dos casos analisados na pesquisa Primeiríssima Infância – Creche, as mães são responsáveis pela criação dos filhos na…

Veneno em família

Por Chasca Morales (Doula e Educadora Perinatal) – 12 Março 2018 Da definição que o dicionário atribui à palavra ‘tóxica’ [adj. Que envenena; que tem a propriedade de envenenar; s.m. veneno; droga; entorpecente] faz mais sentido pra mim o conceito de entorpecimento, que, por sua vez,  significa torpor, paralisia; dormência. Pensando nisso, há um sentido…

Me revolto contra meu filho

Adriana. 1 filho. Sou Pet Sitter e Dog Walker, 43 anos. Desabafo Anônimo: Tive meu filho aos 35 anos. Foi amor à primeira vista. Mas hoje temos uma relação de amor e ódio. Vivemos só eu, marido, filho Pedro e 6 filhos de patas. Eu não consigo ter paciência com Pedro. Tudo nele me irrita muito….

Eu sou uma mãe abusiva e meu filho paga por isso.

JS, 1 filho, 38 anos Desabafo Anônimo: Eu sou uma pessoa tóxica, uma mãe abusiva. Bom, meu pai me criou debochando das coisas que eu falo e me diminuindo quando coloco qualquer opinião. A minha mãe é uma narcisista e só sabe falar de si. E eu… Eu brigo o tempo todo com meu filho de…

Detestei a gravidez, era uma incubadora ambulante.

Anônima, 1 filha, Assistente Administrativa. Idade: 36 anos Desabafo Anônimo: Olá a todas! Descobri há 1 semana que estou grávida de 1 mês, tenho uma filha de 7 anos que amo mais que tudo. Esta segunda gravidez não foi planejada nem desejada. Depois de ter tido a minha filha, não quis ter mais filhos, detestei…

Um dia eu a assisti tendo relações sexuais com o meu ex marido

Anônima, 3 filhos, Desempregada. Idade:38 anos Desabafo Anônimo: Olho sempre ao longe e fico pensando nos meus tesouros, que são as pessoinhas mais queridas e o melhor que eu poderia ter nesse mundo. Frutos de um casamento que acabou em tragédia, apesar de ser apenas mais uma tragédia nesse mundo, pois eu sempre penso que…

Já me senti mal ao ponto de desejar morrer

Anônimo, Engenheira, 24 anos Desabafo Anônimo: Oi! Estou precisando colocar um monte coisas pra fora porque nesse momento eu sinto que é a única coisa que eu posso fazer. Bom, não vou falar meu nome, mas vou descrever um pouco da minha vida. Sou formada e empregada, tudo graças ao meu esforço. Sempre trabalhei, paguei a faculdade,…

O castelo que construí desabou

Anônima, 2 filhos, Professora, 28 anos Desabafo Anônimo: Há duas semanas o castelo que construí desabou. Estou junto do pai dos meus filhos há 10 anos, sendo 5 casados. Temos dois filhos que são o motivo da minha alegria. Acontece que eu estava desconfiada de que algo ia mal, ele não me procurava mais e não me…

Sinto-me a pior mãe do mundo.

Anônima, 2 filhos, Desempregada, 35 anos Desabafo Anônimo: Tenho dois filhos com 6 anos de diferença. Há algum tempo que sinto que são eles, cada vez mais, a tomar conta da “situação” ao invés de ser eu. Amo-os incondicionalmente e sempre me sinto privilegiada por acompanhar as suas infâncias, porém me sinto exausta e sem mais ideias. Eles brigam muito. Tudo…

Os terríveis ou maravilhosos dois anos?

Por: Crescer sem violência: https://crescersemviolencia.wordpress.com/2014/03/31/terrible-twos-os-terriveis-ou-os-maravilhosos-2-anos/  Taicy Ávila – psicopedagoga Nas proximidades do aniversário de 2 ou 3 anos (algumas vezes um pouco antes, outras vezes muito depois dele), alguns pais vêem-se às voltas com novos desafios no desenvolvimento e criação dos seus filhos. Aquele bebê fofo, dócil e curioso, parece ter sido abduzido por ET’s…