Ninguém mais vai ferir minha dignidade.

Andrea, 45 anos, 2 filhos, desempregada. Olha, estou com 45 anos. Desempregada. Separada há mais de 10 anos. Sofri muito no meu casamento com um homem machista e abusivo que me fazia sentir menor que uma formiga. Abuso psicológico e FÍSICO. Ele cuspia na minha cara em toda discussão. Me acusava de ser PÉSSIMA mãe….

Fiz o que não queria

C., estudante Idade: 30 Desabafo Anônimo: Relato – violência velada Quero compartilhar com vocês o que, aparentemente, não foi uma violência ou o que deixaria algumas mulheres vaidosas (será real?), mas a mim me causou muito constrangimento, intimidação e raiva. Eu estava fazendo uma trilha com um grupo de pessoas na cidade onde eu moro….

Um trabalho com real significado

Por Patricia Razza – 08 maio 2017 Quando fui convidada a escrever sobre o significado deste trabalho para a minha vida, fiquei imersa em vários pontos sem saber muito por onde começar. Afinal, como traduzir o meu encantamento sobre uma proposta que, casualmente, conheci na leitura de uma revista? Ao entrar em contato com a…

Acolhimento livre de julgamento

Por Roberta Fabron Ramos Mandelli – 07 maio de 2017 Entrei para a Temos que falar sobre isso há menos de 1 ano, motivada pela vontade de ajudar a espalhar a ideia da ONG, que é uma das coisas mais lindas que já vi. Quando eu conheci a ONG, eu buscava relatos que me fizessem…

30 de abril: DIA NACIONAL DA MULHER

O Dia Nacional da Mulher é celebrado anualmente em 30 de abril no Brasil. Esta data foi criada para reforçar o desenvolvimento e reeducação social sobre os direitos que as mulheres devem ter na sociedade. Ao longo dos anos, as mulheres enfrentaram muitas restrições nas diversas sociedades predominantemente machistas e patriarcais. Assim como o Dia…

O muro da maternidade

O argumento de que as mulheres não queremos assumir responsabilidades é falacioso; é o mundo laboral que não se adapta às necessidades de uma sociedade que mudou. Laura é desenhista de moda. Quando voltou ao seu emprego após a maternidade, viu como foi relegada aos poucos na empresa. Havia cometido o pecado de pedir uma redução…

Menos de 1/4 das grandes empresas tem programas de pré-natal

Por Luis Philipe Sousa – 17 Janeiro 2016 – IG São Paulo Estudo ouviu 267 empresas, de médio e grande porte, de 29 segmentos; apenas 8% têm espaços de berçários ou lactários O ambiente de trabalho no Brasil ainda se mostra um tanto quanto despreparado para receber as mulheres de maneira adequada. É o que…

Aproximações entre o movimento feminista e o antimanicomial

Por Saúde Popular – 13 Janeiro 2016 Pode-se perfeitamente questionar as relações entre poder manicomial e outras formas de poder – como, por exemplo, o poder patriarcal. Se os mecanismos de poder trabalham de modo a esconder seu próprio funcionamento, analisar esses mecanismos e os meios através dos quais tornam sua própria existência invisível é…

O meu maior desafio é me aceitar como sou

Jéssica Victória. Não trabalho, tampouco tenho filho, 15 anos. Desabafo Anônimo: Então… acho que meu problema é um pouco delicado. O meu maior desafio é me aceitar como sou. Para entender o que digo, vou ser direta: eu não tenho seios. E não é como essas garotas que têm um pouco e dizem que não…

Maternidade e trabalho não remunerado: de quem é essa pilha de fraldas?

Por Aline Gatto Boueri – 06 Março 2016 – Revista Geni A economia feminista como ferramenta para reconhecer as desigualdades entre gêneros na hora de cuidar dos filhos. Há pouco mais de um ano, um deputado federal defendeu, em entrevista a um meio de comunicação brasileiro, que mulheres deveriam receber salários mais baixos porque podem engravidar…