Sinto fome pelo turbilhão hormonal que ainda vivo do pós parto.

Anônima, 2 filhos, jornalista, 34 anos Desabafo Anônimo: Me sinto tão confusa, tão perdida. Há 6 meses fui mãe pela segunda vez. Experiência maravilhosa, de muita cura, principalmente por conta das dificuldades que passei na primeira experiência. Me sinto uma mulher completamente realizada em termos maternais. Ganhei 16 kg na segunda gestação e já perdi…

Ser mãe é guerra e solidão

Anônima, 1 filha, 32 anos Desabafo Anônimo: Olá! Este será o meu primeiro dia das mães com minha filha em meus braços e que turbilhão de sentimentos e pensamentos, reflexões, constatações e tudo mais! Abdiquei do meu trabalho, que inclusive era com gestantes e puérperas, para me dedicar integralmente à minha filha. Desde o princípio…

Ela me disse aos gritos que tenho que desmamar minha filha

Cristiane, 1 filha, técnica em enfermagem, 41 anos. Desabafo Anônimo: Hoje minha sogra veio buscar minha filha para que eu pudesse trabalhar, e eu trabalho uma noite e fico duas em casa. Ela me disse aos gritos que tenho que desmamar minha filha, que meu leite não serve pra nada, que é vício da minha…

Compramos a fórmula. Me senti mais culpada ainda

Nome, quantos filhos e profissão: T., uma filha e recepcionista. Idade: 24 Desabafo Anônimo: Desde que descobri a gravidez, me preparei para ter um parto da melhor forma possível e humanizado, em que fosse respeitado o tempo da minha bebê. Li e estudei tudo sobre amamentação, participei de rodas de gestantes e me dediquei ao máximo. Eu sabia…

Todo o trauma de dar à luz me fez parar em um só filho.

https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2017/mar/25/the-everyday-trauma-of-childbirth-made-me-stop-at-one-child *Tradução livre Polly Clark acredita que, para muitas mulheres, o choque do parto e suas conseqüências é semelhante à experiência de guerra, deixando-as à deriva e ausentes de maneira profunda – mas ninguém percebe. “Uma vez, na obstetra, eu vi um vislumbre de meus registros médicos que se deslocaram do carrinho para a mesa…

A culpa não vai embora

Anônima, 1 filho Idade: 28 Desabafo Anônimo: Tentei de tudo o que eu podia pra conseguir amamentar. Na clinica particular foi feito uma cesárea eletiva, ninguém me ajudou ou orientou na amamentação. Deram fórmula a ele sem me consultar, segundo a auxiliar de enfermagem, porque ele estava chorando muito. Depois de uma gravidez muito difícil,…

A difícil decisão de voltar a trabalhar ou não!

Anônima, 1 filho, 25 anos. Desabafo Anônimo: Bom, hoje meu desabafo é sobre a minha difícil decisão de voltar a trabalhar ou não! Meu bebê tem 3 meses e eu tenho mais 1 mês para ficar com ele e decidir o que fazer, se deixo ele em escolinha em tempo integral e volto a trabalhar…

Minhas amamentações nas três gestações foram únicas e incríveis

Larissa Rainis, 3 filhos, psicóloga. Desabafo anônimo: Estamos na semana do aleitamento materno e isso me remete a tantas histórias. Em minha primeira estava com apenas 16 anos, não entendia muitas coisas, e foi a mais difícil não só pela falta de maturidade, mas também porque passei o primeiro mês com o meus seios machucados até…

Tem gente que se incomoda por minha bebê ainda mamar no peito

Bianca, 4 filhos, confeiteira, 37 anos. Desabafo Anônimo: Amamentei todos os meus filhos exclusivamente no peito até os 6 meses. A primeira mamou até os 23 meses, o segundo até os 15 meses, o terceiro até os 18 e agora a última tem 17 meses e ainda mama. Cada um tem suas particularidades, por exemplo…

Se você realmente quiser amamentar, tenha fé e continue!

Nicole, 1 filho, pesquisadora. Idade: 30 Desabafo Anônimo: Olá, Eu tenho um blog, o antiprincesas.wordpress.com.br e nele postei meu relato de dificuldades com a amamentação. Estou enviando pra vocês na esperança de que pode ajudar outras mulheres. Abraços! A saga da amamentação Em uma das consultas do meu pré-natal, meu obstetra comentou que, para algumas…

Ele me olhou nos olhos e disse vamos!

Olá Queria contar minha experiência de amamentação, mas não quis colocar no post porque envolve meu esposo, ele é professor e morre de vergonha dos alunos. Meu primeiro filho foi prematuro, foi pra uti neo natal, eu sabia que seria difícil e sabia que precisava muito amamentar meu peito vazou a gestação toda, era muito leite. No…

Estou me sentindo um monstro

Thaís, 1 filho, 33 anos. Desabafo Anônimo: Está muito difícil. Mesmo. Estou me sentindo um monstro. A gravidez não foi planejada. Estava planejando minha tão sonhada viagem e pós graduação. Vi meus planos irem por água a baixo. Eu e o pai já tínhamos nos separado por uma traição que ele nunca vai admitir. Não…