Não sei como lidar com o estresse

Nome, quantos filhos e profissão: L., 1 filho, desempregada Idade: 37 Desabafo Anônimo: Tenho um bebê com 12 dias que mesmo sendo amamentado com livre demanda perdeu peso, então está tendo complementação após cada mamada – de 3 em 3hs. Meu companheiro parece estar me julgando o tempo todo, não sai de cima de nós, não me deixa…

É possível querer e não querer estar grávida ou isso só aconteceu comigo?

É muito comum que a primeira sensação de quem descobriu que está grávida, seja a dúvida. Ao descobri a gestação, um milhão de sentimentos ocorrem ao mesmo tempo, inclusive sentimentos opostos, como querer e não querer, estar feliz e triste, amar e odiar essa informação. Quase ninguém está livre desses sentimentos chamados “Ambivalentes”. A ambivalência…

Meu esposo faleceu há alguns dias

Anônima, 1 filho, do lar, 32 anos Desabafo Anônimo: Meu esposo faleceu há alguns dias. Foi trabalhar e teve um infarto fulminante. Não voltou mais pra casa, não se despediu do nosso pequeno filho que acabou de completar 2 aninhos, não pude dar um abraço de adeus. Me culpo por tanta coisa que fiz e que…

Me sentindo a pior mulher do mundo, aquela que não consegue gerar!

Anônima, 32 anos Desabafo Anônimo: Terceiro dia das mães que sou tentante! Esse mais que os outros doeu mais, pois acabei de passar por um fertilização negativa. Como tinha esperanças de dar certo, tinha certeza que esse ano passaria um domingo feliz e comemorando com meu sonho dentro de mim. Ninguém sabe pelo que passo,…

Maternidade nem sempre é linda.

Loh, 1 filha, contadora, 31 anos Desabafo Anônimo: Boa noite a todos! Bem, não sei bem como começar, me perdoe pela falta de correção em questão de acentos e outros detalhes ortográficos, mas não estou com paciência para tanto. Bem, tenho 31 anos, e sinto que minha vida é uma verdadeira desgraça. Tenho uma filha…

Não me vejo com um transtorno desse

Aline, 1 filha, aux comercial Idade: 33 Desabafo Anônimo: Fico o dia todo buscando uma solução para tirar a angústia que tenho dentro de mim. Sempre fui taxada por muitos como uma pessoa problemática, sempre tive poucos amigos e com uma duração de no máximo 4 anos, poucos relacionamentos amorosos e nenhum duradouro. Mas até…

Saúde Mental Pós-Parto

Essa ferramenta foi desenvolvida para ajudar as mães a cuidarem da sua saúde mental. Não é fácil enfrentar a maternidade na nossa sociedade que abomina ver mulheres amamentando suas crias, que não tolera bebês e crianças pequenas em espaços públicos, que desqualifica mulheres mães no mercado de trabalho, que violenta a mulher durante o parto,…

Pare de enganar seus filhos

fonte: https://ravishly.com/stop-gaslighting-your-kids SAM MILAM | 09.8.17 Nós vivemos em uma cultura que se orgulha de ser dura. Um constante bombardeio de “seja forte, engula o choro, não reclame” e “a vida não é justa” permeia a infância de muitas crianças. Quando uma criança cai no chão, nós dizemos “Levante, deixe isso pra lá! Você está bem!”….

Eu não olho pra mim mesma com carinho

Anônima Idade: 24 Desabafo Anônimo: Eu não me amo, não olho pra mim mesma com carinho. Eu detesto lembrar do meu passado e de lembrar todas as coisas ruins que fiz a mim mesma, não me dei o devido valor na adolescência (sexualmente falando), tenho vergonha de sair de casa. Hoje sou esposa e sou…

Abuso infantil – 15 formas de reconhecer sinais de abuso em crianças e bebês

Publicado originalmente em A Mãe Coruja, em 13 de abril de 2017. Nos últimos dias, infelizmente, um dos principais assuntos nas redes sociais e mídias é a violência. Aliás, já estamos acostumados às manchetes sobre assaltos, crimes, homicídios, latrocínios e os mais variados atos de crueldade. Dessa vez, uma onda de casos sobre a violência…

Aquele “carinho” que ele me dava não era normal.

Anônima. Idade: 33 Desabafo Anônimo: Depois de adulta me recordei de muitos acontecimentos da minha infância. Quanto mais me recordava mais raiva e nojo eu sentia. Primeira recordação: eu tinha uns 3 aninhos quando em uma dessas festas em família, casa cheia de tios e primos, tudo parecia normal até que um primo meu que…

O que podemos aprender com as tragédias?

Por Paula Osés – Psicóloga Acolhedora da ONG Temos que falar sobre isso – 28/01/2018 Na manhã da sexta-feira (dia 20/10/2017), em uma escola particular em Goiânia – GO, um garoto de 14 anos sacou uma arma que havia pego da família e atirou contra seis colegas de sala de aula e acabou matando dois…