Me deu uma direção, um dom, amar o próximo

Cristiane, 1 filho, pedagoga, 38 anos Desabafo Anônimo: Bom dia! Sou a mãe da reportagem. Gostaria de dizer que a perda do meu filho Lucas Henrique causou dores e sofrimento que ainda luto para superar. As lembranças me dão saudades e a impotência de não salvá lo ou fazê lo viver me faz frágil e inútil…

Carta para as mães sem seus filhos

Querida, você não precisa passar este dia das mães como se não tivesse acontecido nada. Porque você viveu sim a maternidade, e muitas vezes ainda vive. Seu filho ou filha ainda existe em algum plano emocional, mental. Ele ou ela não foi, nem será esquecido por você. Nós sabemos que palavras como “foi melhor assim”,…

Não superei nem aceitei o fato de não poder mais ser mãe

Ana Carolina, sem filhos, corretora de seguros, 29 anos. Desabafo Anônimo: Há 4 anos tive a notícia que mais esperava na vida: seria mãe. Tinha 24 anos e eu e meu marido planejávamos 3 filhos. Sempre amamos crianças, casa cheia. No sexto mês de gestação, após alguns dias de internação por um descolamento na placenta…

“A gente só aprende o que é amor verdadeiro quando…”

Já presenciei inúmeras vezes – e até mesmo proferi – essas palavras para dizer que só conhecemos o amor verdadeiro somente quando somos mães/pais. E como me arrependo disso! Não porque individualmente eu não possa sentir o maior ou menor amor do mundo pelos meus filhos. Isso realmente não vem ao caso. “Faz quatro anos…

Perda gestacional: é possível caminhar!

Por Fernanda Rangel – 20 Abril 2018 Participo de muitos grupos sobre luto e perda gestacional, recebemos muitos desabafos sobre o tema e vejo muitas postagens sobre a dor da perda, sobre os sentimentos em relação à perda e ao bebê. Fico pensando o que uma mãe que acabou de perder o seu bebê gostaria…

Lembro dela todos os dias

Stephanie, 1 filha, 24 anos Desabafo Anônimo: Gostaria de compartilhar um pouco da minha história. Sou casada há 5 anos e meu marido sempre quis um bebê, eu também, mas tinha um pouco de receio. Até que no ano passado, decidimos que era a hora e em agosto descobri minha gestação. Ficamos muito felizes! Toda a família…

Serás eternamente amado

T., sem filhos Idade: 25 Desabafo Anônimo: Como era tão bom e tão estranho ao mesmo tempo te sentir dentro de mim mesmo ainda sem saber que já te amava tanto. Aquele maldito dia .. aquela maldita noite em que o meu mundo caiu. Como eu já te amava de uma forma inexplicável meu amor….

A médica disse que nem era gravidez e sim uma menstruação normal.

C., sem filhos, biomédica, 31 anos. Desabafo Anônimo: 2017 com sequelas. 7 anos de casada, pós tratada de síndrome do pânico, recuperada e feliz!! Tudo para ter minha vida melhor! Mas o destino me deu uma rasteira… Uma gravidez que se completava, descoberta na véspera de aniversário de casamento e dia das mães!!! Comemorado com surpresa…

Ninguém lembra dele, parece que ele nunca existiu

Anônima, 1 no céu, Desempregada, 30 anos Desabafo Anônimo: Em setembro de 2014 descobri minha gravidez. Foi um susto no começo. Não estava planejando, mas foi o melhor presente que ganhei. Com 19 semanas descobri que era o Arthur. Com 20 semanas, comecei a inchar muito e ter muita dor de cabeça. Os médicos sempre falando que era por causa…

Eu amei aquele bebê e ainda amo

19 anos Desabafo Anônimo: Recentemente descobri que estava grávida, fiquei muito feliz, porém eu estava com perda de sangue há 20 dias. Fui muito maltratada pelos médicos. Eles acharam que eu estava tentando induzir um aborto, me xingaram muito, mesmo eu dizendo que não sabia que estava grávida. A doutora falou para mim que não…

É PRECISO SANGRAR

Patricia Pavloski Perez, 2 filhos (um perdido ainda na gestação), jornalista, 31 anos. Desabafo Anônimo: É PRECISO SANGRAR (16/11/2017) – Relato em forma de protesto do dia mais triste da minha vida, quando perdi meu bebê de 7 semanas. Sangrando escrevo estas palavras. Literal. O útero se encaixa no lugar e sangra. Provavelmente mais rápido…

Mesmo sem ter te conhecido, eu te amo

Idade: 18 Desabafo Anônimo: Eu nem cheguei a conhecer o meu filho e o pior de tudo é que meu namorado meu culpa até hoje por ele não ter nascido. Perdi meu bebê com 3 meses, ele estava começando a crescer mais, e quando eu menos esperei, tinha perdido o meu filho. Essa dor eu não…