Eu só guardo as coisas pra mim

Salma , Sem filhos, Estudante, 12 anos Desabafo Anônimo: Sou uma pessoa reservada e minha mãe fica sempre achando que sou fria, mas eu só guardo tudo para mim. Minha mãe me acha inútil, chata e fria, mas eu só guardo as coisas para mim. Só isso.     Anúncios

Protegendo a criança contra o abuso sexual

Por Patrícia L. Paione Grinfeld – 26 fev 2018 – Ninguém cresce sozinho Recentemente, assisti a dois vídeos que traziam um diálogo sem rodeios com a criança quando o assunto é abuso (sexual, no primeiro, e incluindo abusos de outras naturezas, no segundo), tanto na prevenção quanto na denúncia. São eles: O primeiro me foi apresentado…

Sinto-me a pior mãe do mundo.

Anônima, 2 filhos, Desempregada, 35 anos Desabafo Anônimo: Tenho dois filhos com 6 anos de diferença. Há algum tempo que sinto que são eles, cada vez mais, a tomar conta da “situação” ao invés de ser eu. Amo-os incondicionalmente e sempre me sinto privilegiada por acompanhar as suas infâncias, porém me sinto exausta e sem mais ideias. Eles brigam muito. Tudo…

Aquele “carinho” que ele me dava não era normal.

Anônima. Idade: 33 Desabafo Anônimo: Depois de adulta me recordei de muitos acontecimentos da minha infância. Quanto mais me recordava mais raiva e nojo eu sentia. Primeira recordação: eu tinha uns 3 aninhos quando em uma dessas festas em família, casa cheia de tios e primos, tudo parecia normal até que um primo meu que…

Mas mãe é mãe…

Por Christyne Carvalho da Silva Há uns dias, li o texto de Fabrício Carpinejar sobre medo e maternidade. E mesmo sendo um texto escrito por um homem, senti-me lida. Porque em alguma parte de mim – e isso pode parecer bobagem para alguns – as lembranças do que sempre vi com algumas mães continuam vivas….

Façam carinho, cantem, contem histórias

Ana, 48 anos, escritora, uma filha adolescente   Desabafo Anônimo: Tive minha filha com mais de 30 anos e, felizmente, já tinha minhas convicções a esse respeito. Jamais neguei colo. Ainda assim, ouvi repetidas vezes que minha filha ia ficar “manhosa” e que eu devia “deixá-la chorar”. Algumas vezes eu estava exausta e preocupada demais…

O desafio não é o jogo da Baleia Azul

Por Eduarda Chacon   Uma coisa é o JOGO DA BALEIA AZUL. Outra é o DESAFIO de assimilar qual é realmente a razão para a morte dessas crianças e adolescentes. Jovens estariam se mutilando física e emocionalmente por conta (exclusivamente? será?!) de um desafio propagado via redes sociais chamado Blue Whale (BALEIA AZUL no Brasil). O…

Explicar é fundamental, mas explicação tem limite

01/08/2012 por Patrícia L. Paione Grinfeld – Ninguém cresce sozinho Entre o mundo adulto e o mundo da criança existe uma linha tênue que separa o que deve e o que não deve sair da boca do adulto e chegar aos ouvidos da criança. Esqueça a mania de explicação. Criança quer resposta apenas para aquilo que…

Além do simples ato de comer: o alimento constrói e une

Por Veronica Esteves de Carvalho – julho 2012 A alimentação é fonte de vida, é momento primordial de restauração física, emocional e social. Através dela, crianças se fortalecem de afeto, de segurança e confiança; ficam satisfeitas não apenas física, mas também emocionalmente. Leite materno, leite na mamadeira: crianças se alimentam das trocas afetivas (positivas e…

Mãe falha, e é bom que falhe

Por Patrícia L. Paione Grinfeld – 19 setembro 2016 – Ninguém cresce sozinho Certo dia, ao entrar no Facebook, ele me sugeriu um “Livro Completo para mães e bebês”. A primeira coisa que me ocorreu foi interrogar o adjetivo do título: Completo? Em seguida fui acometida pela estranha sensação de que o Facebook propõe algo muito semelhante…