Nunca me senti tão perdido

Gabriel,  18 anos Desabafo Anônimo: Tenho a típica vida feliz e sou bem sucedido em tudo que tento fazer. Passei no vestibular com 17 anos, já ganhei bolsas de estudos pra fora do país, tenho um namoro incrível com uma pessoa além de maravilhosa, pais amorosos e, de fato, eu sou uma pessoa feliz (e…

Não tinha como fazer nada

AVISO DE GATILHO: PEDOFILIA/ ESTUPRO Idade: 31 anos Desabafo Anônimo: Quando tinha apenas 14 anos de idade comecei a ser molestada pelo meu próprio genitor, procurei uma defensora pública de minha cidade na época, e ela debochou de mim e disse que não tinha como fazer nada, pois o mesmo não havia consumado o ato, triste…

Tristeza sem fim

Ohana, 15 anos Desabafo Anônimo: Oi. Não tenho nenhuma história horrivelmente sofrida, acho que é drama na verdade. Não gosto de mim, sou uma menina que conversa bastante, aparentemente feliz, mas tenho uma tristeza que não entendo de onde vem. Meus pais são excelentes, minha família tem seus problemas, mas quando precisa é bem unida, não…

Saúde Mental Pós-Parto

Essa ferramenta foi desenvolvida para ajudar as mães a cuidarem da sua saúde mental. Não é fácil enfrentar a maternidade na nossa sociedade que abomina ver mulheres amamentando suas crias, que não tolera bebês e crianças pequenas em espaços públicos, que desqualifica mulheres mães no mercado de trabalho, que violenta a mulher durante o parto,…

Tenho perdido gosto pela vida

Eu queria dizer que tenho 55 anos e também quero desabafar. Ha 6 anos perdi um filho e desde aí não sou mais a mesma pessoa e, gradativamente, tenho perdido gosto pela vida. Sou casada com uma pessoa que não é o pai dos meus filhos. Da morte do meu filho pra cá tenho envelhecido…

Perdi muitas coisas na vida por conta deles

Anônima, sem filhos, Gerente Administrativa. Idade: 21 anos Desabafo Anônimo: Bom, não sei muito por onde começar e agradeceria muito a quem ler este desabafo, se pudesse me dar algum conselho sobre isso tudo que está acontecendo comigo e com minha família. Tudo começou quando minha mãe viajou para cuidar dos pais dela e meu pai…

A mulher forte que eu achei que tinha virado foi destruída por uma desconhecida

Olivia, sem filhos, Estudante, 20 anos. Desabafo Anônimo: Quando eu era pequena achava que ia virar uma mulher forte, determinada, decidida e um exemplo para meninas pequenas (ou só para o meu eu criança), mas tenho me sentido fraca e impotente nesses últimos tempos. Sempre tive dificuldades de entrar em discussões, mesmo quando pequena, meu coração batia…

Os assédios duraram até uns 17 anos

******* AVISO DE GATILHO, ABUSO SEXUAL INFANTIL PRATICADO PELO TIO ******* Anônima 29 anos Desabafo Anônimo: Fui abusada pelo meu tio materno por anos e nunca tive coragem de falar para ninguém! Tudo começou quando eu tinha uns 10 anos, eu confiava nele! Era meu tio jovem e legalzão, gente boa! Então, um dia estava…

Comecei a sentir um pânico.

Anônima 25 anos Desabafo Anônimo: No começo era só uma pequena agonia, daquelas que vem de mansinho e se resolve deitando no colo da mãe. Me convencia que ela estava estressada, que foi um acontecimento isolado. Depois, veio a ansiedade, acompanhada de uma leve dor nas costas, mas que podia ser resolvida com um relaxante…

UTI Neonatal X Casa: a ambivalência de uma alta hospitalar

Por Teresa Ruas – 12 Novembro 2017 Uma das maiores motivações internas que existe em pais de UTI Neonatal é que o dia da alta acontecerá, por mais que esse momento possa demonstrar- se, em várias situações, muito distante e, às vezes, bem improvável. De fato, preciso afirmar que nós pais já começamos a nossa…

Não pensam nas consequências de terem filhos

Anônimo, 20 anos Desabafo Anônimo: Minha história de tristeza começa desde criança. Eu não fui aquela criança que os pais sentam, conversam e planejam ter. Minha “mãe” nem sabia que eu estava dentro de sua barriga, do nada ela descobriu que estava grávida. Até hoje eu fico me perguntando como uma mulher, analfabeta naquela época, começa…

Lembro dela todos os dias

Stephanie, 1 filha, 24 anos Desabafo Anônimo: Gostaria de compartilhar um pouco da minha história. Sou casada há 5 anos e meu marido sempre quis um bebê, eu também, mas tinha um pouco de receio. Até que no ano passado, decidimos que era a hora e em agosto descobri minha gestação. Ficamos muito felizes! Toda a família…