Vivendo um dia de cada vez sem vontade de acordar.

Anônima, 1 filho

idade: 25 anos

Sinto vontade de me matar todo dia. Tive uma
infância complicada. Uma adolescência conturbada. Um namorado que
cometeu suicido. Casei. 8 anos de casamento e uma filha de 4. Mudei de
estado , atravessei o país para me casar. Não sinto falta de voltar
pra onde eu morava. Nem saudade da família. Temos uma empresa em
família a beira da falência. Mau planejada. Não tem nem 2 anos e
estamos afundados em dívidas. Não tenho esperança que vá melhorar.
Meu esposo é gente boa. Sinto que me ama. Mas me sinto cansada. É como
se eu estivesse sendo espremida num canto escuro. Sinto vontade todas as
manhãs de me matar enforcada nos fundos da casa. Sempre visualizo essa
cena. Mas minha filha, é a única coisa que me impede de fazer isso.
Embora eu acredite que a minha presença na vida dela vá causar
transtornos na vida dela . E minha morte também vai causar. Então fico
aqui vivendo um dia de cada vez sem vontade de acordar.

1 comentário Adicione o seu

  1. Anônima disse:

    Querida anônima! Percebo dor e angústia em suas palavras, mas eu sei que há esperança e jeito para tudo enquanto houver VIDA. É muito importante que vc procure o serviço de saúde mental da sua cidade, eu a distância não consigo te ajudar como vc precisa nesse momento.Se neste momento a única coisa que te motiva a continuar vivendo é a sua filha, então pense nela e procure ajuda. Por mais que vc não veja saída para sua dor, ELA EXISTE, e um psicólogo/psiquiatra ira te ajudar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s