O problema não sou eu

em

Anônima, Professora, 32 anos

Desabafo Anônimo: Me sinto tão sozinha. Me senti assim durante toda a minha vida. Desde que me lembro, nos momentos difíceis, raramente tive alguém com quem contar, com quem desabafar. Sempre estive cercada de pessoas, sempre me senti sozinha. E esse é um daqueles momentos em que tudo o que eu queria era alguém que pudesse me abraçar enquanto eu choro e dizer ‘vai ficar tudo bem’, porque eu sei que vai, mas nesse momento é difícil acreditar. As pessoas estão tão imersas em sua correria diária, tão preocupadas com seus próprios problemas, que sequer têm tempo de olhar pro lado e perceber que alguém próximo sofre. E quando, cansada de esperar, a gente pede ajuda, uma palavra de conforto, um minuto de atenção, o que ouve é ‘você sempre vê problema em tudo’, ‘você nunca está feliz com nada’, ‘você devia agradecer todas as coisas boas que você tem’, ‘não adianta você tentar mudar as coisas, você vai achar algo que não esteja bom em tudo de novo que você construir, porque você é assim’. E eu sigo na luta, sozinha, às vezes sem forças, outras mais forte do que nunca, buscando acreditar que eu não sou um problema ambulante, tentando não me deixar levar por palavras e desistir de mim no caminho. Mas sem dúvida, sempre me questionado, se realmente o problema não sou eu.

 

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Pelas minhas crenças acabo concordando que o problema sempre parte de nós mesmos. Pode ser diferente para outras pessoas e não as julgo. Mas acredito que pelo menos a solução devemos concordar que deve partir de nós mesmos.

    Curtir

  2. ILMA disse:

    AmigaS VOCES NÃO SÃO OS PROBLEMAS!
    eu li o relato e o seu comentário Aline Freitas, eu acredito que o problema esta nas pessoas ao nosso redor, que vivem numa correria intensa atrás do ” vento”, pessoas que estão priorizando as coisas, e não as pessoas e os sentimentos.
    Percebam que vocês são luzes em meio ao dia acizentado e poluído, e que estão ai brilhando e lutando, juntas somos mais fortes, o brilho é mais forte. Jamais desistam de olhar a vida de outro modo, procurem fazer as coisas que as deixem felizes. Uma tarde tranquila em um parque leia um livro que as façam sorrir. ou se preferir caminhem pisem firme como numa marcha, como se estivesse pisando nos problemas…..
    Gosto muito de ir visitar orfanatos e brincar com as crianças, virar criança de novo…. ahhh pular corda, boneca, sentar de baixo da arvore e colocar os pes pra cima…. recomendo muito !!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Aline Freitas disse:

    Olá.

    Lendo seu desabafo, percebo que pessoas mais sensíveis normalmente são vistas como problemáticas. Somos duas então. Eu escuto diariamente que me vitimizo, que se todas as pessoas me evitam é por que eu sou o problema. E talvez eu seja mesmo, pois devido minha sensibilidade, percebo atitudes nas pessoas as quais eu desaprovo e sem percebe eu mesma afasto as pessoas de perto de mim. A verdade é que as pessoas ajudam quem é conveniente a elas, se você não é interessante, então não vale a pena o esforço. E é isso que me entristece, saber que não sou interessante a ponto das pessoas quererem meu bem.
    Eu li seu relato e talvez seu caso não seja o mesmo que o meu, mas acho interessante conversar e colocarmos a nossa opinião, pois acredito que assim conseguimos entender o que se passa com nossa cabeça.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olha, sinceramente? Acho muito pesado julgar alguém e dizer que o problema é ela mesma. Porém também acredito que a melhor forma de ajudar alguém é mostrar a ela e tentar fortalecer a confiança dela de que a solução para o problema começa por ela. Não que ela tenha necessariamente que mudar algo, mas ela precisa entender que ela é quem consegue começar a solução para o problema.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s