Deixei de ser mulher pra ser só mãe

Não desejo me identificar, isso me traria problemas; 1 filha; estudante, 21 anos. Desabafo Anônimo: Ainda não entendo onde foi que eu errei pra engravidar, que método que não deu certo. Eu namorava, era feliz, morava em outra cidade, estudava numa universidade bacana. E perdi tudo isso quando descobri que minha filha viria ao mundo…

Me arrependo e me culpo por ter forçado um parto normal

Daiane, 1 filho, Analista de Departamento pessoal, 32 anos. Desabafo Anônimo: Desde que engravidei sempre quis parto normal. Procurei um obstetra que me apoiasse desde o início na minha escolha. Até o sétimo mês não tocamos no assunto até que um dia ele me perguntou o que eu queria, quando eu disse normal ele foi…

Eu não podia arriscar

Anônima, 1 filha, estilista, 29 anos. Desabafo Anônimo: Desde antes de engravidar, eu já sabia que queria ter parto normal. Na primeira consulta de pré-natal, eu já falei com meu obstetra, e durante os 9 meses, segui firme. Li muito, pesquisei, ouvi relatos. Tinha certeza que minha filha nasceria de formal natural… meu marido me…

Mas quem garante que vai ser o melhor?

Anônima,1 filho, estudante Idade: 18 Desabafo Anônimo: Bom, sou muito nova mas venho passando já por muitas coisas.. Em primeiro lugar tenho um bebê de 6 meses, minha maior paixão embora não foi planejado e tive uma gestação conturbada… O grande problema está sendo o relacionamento com o pai do bebê. Nós ficamos juntos por…

Não consigo amar as duas

Marcia Idade: 38 Desabafo Anônimo: Olá. Sou casada, mãe de quatro filhos… Sempre sonhei em ser Mãe e quando descobri que estava gravida sem estar preparada naquele momento …me senti a mulher mais feliz do mundo… Me senti plena, completa … Depois de 3 anos engravidei de novo fiquei muito feliz porque desejava ser mãe…

A mulher forte que eu achei que tinha virado foi destruída por uma desconhecida

Olivia, sem filhos, Estudante, 20 anos. Desabafo Anônimo: Quando eu era pequena achava que ia virar uma mulher forte, determinada, decidida e um exemplo para meninas pequenas (ou só para o meu eu criança), mas tenho me sentido fraca e impotente nesses últimos tempos. Sempre tive dificuldades de entrar em discussões, mesmo quando pequena, meu coração batia…

É meu primeiro amor

16 anos Desabafo Anônimo: Eu não sei se é bem um desabafo. Entre outros problemas como depressão e tudo mais que eu tenho. Eu queria contar pra vocês a minha história amorosa. se tiver paciência para ler né. Logo no final de Setembro de 2017, estava ficando desanimada com minha vida, realmente tenho motivos de…

Perda gestacional: é possível caminhar!

Por Fernanda Rangel – 20 Abril 2018 Participo de muitos grupos sobre luto e perda gestacional, recebemos muitos desabafos sobre o tema e vejo muitas postagens sobre a dor da perda, sobre os sentimentos em relação à perda e ao bebê. Fico pensando o que uma mãe que acabou de perder o seu bebê gostaria…

Os assédios duraram até uns 17 anos

******* AVISO DE GATILHO, ABUSO SEXUAL INFANTIL PRATICADO PELO TIO ******* Anônima 29 anos Desabafo Anônimo: Fui abusada pelo meu tio materno por anos e nunca tive coragem de falar para ninguém! Tudo começou quando eu tinha uns 10 anos, eu confiava nele! Era meu tio jovem e legalzão, gente boa! Então, um dia estava…

Comecei a sentir um pânico.

Anônima 25 anos Desabafo Anônimo: No começo era só uma pequena agonia, daquelas que vem de mansinho e se resolve deitando no colo da mãe. Me convencia que ela estava estressada, que foi um acontecimento isolado. Depois, veio a ansiedade, acompanhada de uma leve dor nas costas, mas que podia ser resolvida com um relaxante…

UTI Neonatal X Casa: a ambivalência de uma alta hospitalar

Por Teresa Ruas – 12 Novembro 2017 Uma das maiores motivações internas que existe em pais de UTI Neonatal é que o dia da alta acontecerá, por mais que esse momento possa demonstrar- se, em várias situações, muito distante e, às vezes, bem improvável. De fato, preciso afirmar que nós pais já começamos a nossa…

Não pensam nas consequências de terem filhos

Anônimo, 20 anos Desabafo Anônimo: Minha história de tristeza começa desde criança. Eu não fui aquela criança que os pais sentam, conversam e planejam ter. Minha “mãe” nem sabia que eu estava dentro de sua barriga, do nada ela descobriu que estava grávida. Até hoje eu fico me perguntando como uma mulher, analfabeta naquela época, começa…