Sinto que existo somente pra criar meu filho.

em

Nome, quantos filhos e profissão: Anônima, um filho, desempregada

Idade: 29

Desabafo Anônimo: Estou cansada. Tenho 29 anos, um filho de 2 anos. Sou casada faz 4 anos e nosso filho foi super desejado e planejado. Porém, tudo mudou desde que nosso filho nasceu, uma criança que chorava praticamente o dia todo e à noite. Não dormia. Eu com um baby blues terrível. Chorava quase tanto quanto meu filho. Dor no seio, pega errada, episiotomia doendo, vontade zero de sexo e muita cobrança pela falta por parte do marido. Com crises de pânico ao ficar perto de muita gente, sem ajuda nenhuma do marido que se dizia cansado porque trabalhava. Se eu não tivesse minha mãe perto, teria enlouquecido. E com muitas brigas, mentiras. Nossa relação mudou da água pro vinho. Tem dias que quero jogar tudo pro alto, falar pra ele ir embora, porque tudo nele me irrita. Mas não arrumo emprego. Não vou poder me sustentar, moramos com minha mãe, mas a aposentadoria dela é mínima e não acho justo ela me sustentar.

E outra que com o filho ele só brinca e não educa nada. Nunca trocou fralda, deu banho, deu remédio, preparou mamadeira. Como um cara assim vai ter os mesmos direitos que o meu, que me acabo todos os dias cuidando, educando e ensinando tudo sozinha? A cada dia me sinto mais triste. Decepcionada com as atitudes que meu marido teve e ainda tem a cada dia. Sinto que existo somente pra criar meu filho. Não sirvo pra mais nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s