Como se não tivesse nenhuma responsabilidade

em

Anônima

Idade: 35

Desabafo Anônimo: Engravidei do meu companheiro ( moramos juntos há mais ou menos 3 anos), ao acaso sem desejar ou planejar. Entrei em choque, primeiro veio a negação, pensei e não seguir com a gravidez (ele implorou para eu não fazer isso), e eu após muito pensar, resolvi comigo prosseguir com a gravidez. Após o nascimento do nosso filho, tudo mudou, o apoio que em muitos momentos me fora prometido junto com toda responsabilidade, não aconteceu. Me vejo só cuidando de um bebê, que se tornou a alegria da minha vida, sozinha. Sem ajuda, sem apoio dele… e ele está seguindo a vida dele, como se não tivesse nenhuma responsabilidade com a própria cria.

1 comentário Adicione o seu

  1. mariana disse:

    Ola, é bem mais facil ser pai do que ser mae, ne?
    Bom, eu acho que ha males que vem para o bem. Nao é facil criar uma crianca sozinha, o meu marido mora em outra cidade e nos vemos apenas nos finais de semana, é bem puxado, viro sozinha dia e noite com o bebe e nao tenho apoio da minha familia. No começo foi punk mas agora as coisas entram no eixo. Meu marido vem no final de smeana e assim vamos levando. Seja forte e deixe esse cara que nao quer estar presente.. a escolha é dele. Talvez nao tenha maturidade para isso, seja forte e seja super mae, seu bebe vai te agradecer por isso no futuro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s