PERDER UM BEBÊ

Anônima

Idade: 34

Desabafo Anônimo: PERDER UM BEBÊ

É como acordar e ver que tudo não passou de um sonho;

É como voltar de marcha-ré todo o caminho já percorrido;

É voltar ser uma pessoa comum, depois de um tempo se sentindo especial;

É ter que esperar passar o tempo para sentir-se melhor;

É sentir que tudo ficou sem graça.

É saber que isso acontece com muitas pessoas, mas não se sentir aliviada por não estar sozinha;

É sentir solidão por haver acostumado vê-lo todos os dias;

É procurar a causa da perda, mesmo sabendo que muitas vezes não dá para encontrar;

É alternar frases de não querer engravidar, com outras de desejar conceber imediatamente;

É ter acreditado que comigo não aconteceria esse imprevisto;

É conhecer mulheres na época da gravidez e vê-las com seus filhos no colo e o seu não estar mais ali;

É sofrer sozinha apesar do apoio da família e dos amigos;

É ter que encarar de frente a sensação de incompetência;

É ter a paciência de esperar o que o destino está guardando;

É sorrir, mesmo o coração estando em pedaços e ter que caminhar com a saudade infinita no peito!

É olhar ao redor e só ver grávidas.

É ter que encontrar forças para seguir adiante e não perder a esperança que logo, logo engravidará novamente e que apesar de um filho não substituir o outro esse que esta por vir te fará sorrir inúmeras vezes.

Quando menos esperamos a notícia da nova gravidez surge e apesar de todas as inseguranças tudo dará certo e assim que se tem o (a) filho (a) nos braços vem aquele alívio e esperança de que um novo mundo vem surgindo.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Mara disse:

    É exatamente como nos sentimos quando perdemos nosso bebê. Um serzinho tão especial que amamos muito antes de sabermos de sua existência. Onde esse amor vai crescendo e transbordando em nosso corações. E quando de repente, nos vemos sem essa pessoinha colorindo nossos dias, sentimos que estamos prestes a enlouquecer.
    E com o tempo vamos reaprendendo a viver a nova vida. Acreditando que nossos anjinhos cumpriram sua missão conosco. Nos fizeram conhecer o amor mais lindo que existe. Nos fizeram ser especiais e importantes, pois fomos escolhidas por Deus para gerar e cuidar de um anjinho. O amor não diminui, nada se apaga da lembrança dos tempos em que dedicávamos a eles… mas nos cabe agradecer pelo tempo que nos foi permitido viver todo esse amor. Agradecer pelo tempo que Deus permitiu que nossos anjinhos estivessem aqui conosco, crescendo em nosso ventre, recebendo todo nosso amor, afeto e carinho. E assim, acreditar que um dia estaremos juntos para viver todo o resto que não nos foi possível viver nesta vida. Pra sempre em nossos corações!! 😇💙

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s