Ah, que ódio!

 A., 1 filho e estudante

Idade: 24

Desabafo Anônimo: Aquele dia em que caiu a ficha. Esse dia é hoje, é agora pra mim. Escrevo chorando, tentando jogar pra fora toda minha raiva, indignação, repulsa, nojo, angústia e todos os sentimentos ruins que puderem imaginar. Essa é terceira vez que escrevo aqui, mas é a primeira que me dou conta (o mínimo possível) do quão escroto é o cara a quem eu chamava de marido até ontem.

Nós namoramos quase um ano e então engravidei dele. Foi aí que começou meu maior pesadelo e eu não sabia. Ele que sempre se intitulou o calmo, tranquilo, fiel, cristão, homem de caráter e respeitoso, passou a mostrar sua real face diante da paternidade e por consequência, o matrimônio. Desde então minha vida tem se tornado um inferno, me tornei dependente dele, fui gostando cada vez mais. Ele, tipo de homem mimado, filho de uma mulher machista, nunca me tratou dignamente na gestação, nunca soube nem quis aprender a ser pai, muito menos marido. E diante de toda a realidade que é um casamento e ter um filho, ele se acovardou, mas não foi tão simples assim. Essa semana ele me abandonou e diante disso foi caindo a ficha de que ele tem uma amante. Eu achei que nunca ia ser cega por um homem, mas esse tirou de letra. Há mais de 4 meses que ele não queria transar comigo, só chegava tarde do serviço e sempre me desprezando. Ele inventou uma tal de depilação íntima (o contorno masculino que tira tudo) logo quando passou a me rejeitar sexualmente, com o argumento de que estava depilando por higiene. E eu, trouxa, acreditei. Com um pouco de dúvida e muito sentimento de rejeição, mas acreditei. Nesses 4 meses atrás, eu vi que ele tinha começado a conversar com uma mulher marcando encontro e tal. E peguei e falei com ela, achei que tinha resolvido o problema. Que ingênua, eu! Desde então, ele como um pleno covarde só aumentou as provocações, fez de tudo pra me tirar do sério, na expectativa de que eu saísse de casa e ele ficasse com fama de abandonado. Porque claro, ele é o tipo sonso que se faz de coitado. Nesse tudo que ele aprontou, houve agressões físicas, verbais e muuuuita tortura emocional e psicológica, como me deixar sem dinheiro, sem chave de casa, sem celular. Me deixou sozinha na rua sem meu filho que ainda estava em amamentação exclusiva por 3 vezes, beliscou nosso filho e o fez chorar incontáveis vezes, até que num dos beliscões meu pequeno ficou dois dias com a perninha roxa.

Ele esperou minhas aulas começarem pra sair de casa e me deixar na mão com o aluguel e mudança, na tentativa de sabotar meus estudos. Ele fez e ainda está fazendo de tudo pra acabar comigo. Porque eu fui a única pessoa capaz de confrontá-lo e expôr o quão merda ele é. O quão incompetente pra ser pai e marido ele foi. Ele é o tipo de homem irresponsável e gastador. Só não tem vícios, mas eu e nosso filho nunca fomos prioridade pra ele, nem sequer fomos importantes. Mas ele também nesse tempo todo nunca declarou amor mesmo, não. Eu que fui idiota de achar que era só uma fase de adaptação ao casamento e à paternidade.

Ele fez de tudo pra eu largar dele, teve várias conversas com outras mulheres e deixou no celular pra eu ver. Mas essa daí em especial que eu citei, foi a paixãozinha dele. Eu que achei que eles não tinham mais contato, descobri que ela foi trabalhar no mesmo local que ele e saíram de carro juntos. Aí foi que caiu a ficha de onde ele estava toda vez que chegava em casa 3/4 horas depois do horário de serviço. Fui juntando as indiretas dele, como uma vez que ele disse que o interesse dele nessa mulher não era só trepada, mas que havia sentimentos. Caiu a ficha do porque ele se depilou tanto, porque ele me recusou tanto, mesmo eu tentando de tudo. Eu preciso dizer que ele é um babaca, covarde, infiel, mau caráter, sonso e cínico. E que minha maior vontade nesse momento é de sentar a mão na cara dele com toda a minha força!
Eu tô aqui, em período de aulas, com um bebê sem ter com quem deixar, uma mudança pra fazer e mal saber com quem posso contar. Sério…… Ah, que ódio! Mas isso passa.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Elisa Araujo disse:

    Amiga, vc é mais forte que isso, e de infinitamente mais caráter do que esse bosta que fez isso com vc! Se organize, tranque os estudo para colocar a vida em ordem, procure uma creche pública e tente vaga pro seu filho, tudo vai se acertar agora que vc se livrou do mal que tinha em sua vida! E seja forte, sempre vão aparecer pessoas pra criticar sua atitude e te colocar pra baixo, mas, saiba que vc é maior e melhor do que TUDO ISSO! Que Deus te abençoe, mesmo sem saber seu nome, vc e seu bebê estarão em minhas orações! um grande beijo, sinta-se abraçada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s