Sou um lixo

Priscila, 34 anos.

Desabafo Anônimo: Perdi meu emprego já faz um ano, confesso que fiquei feliz na época, cheia de planos e expectativas. Sentia que tinha um mundo inteiro me esperando, que era forte e batalhadora. Pensei que havia nascido para superar dificuldades e “chegar lá”. Pena que a realidade é muito diferente e por mais que você se esforce, a vida sempre dá um jeito de te colocar no seu devido lugar e o meu é no lixo, pois sou um lixo. Sou um fracasso total, não consegui empreender, estou horrível, gorda e feia. Não tenho vontade de ver ninguém, tenho vergonha de ser como sou, mas não consigo mudar.

Meu marido é bonzinho, mas não se importa comigo. Não tenho nada que ele admire, sinto que sou a mãe dele e só isso. Relação mesmo só temos uma vez ao ano e olhe lá. Meu filho é estressado e se irrita com tudo e tenho certeza que é por minha causa.

Passei por muitas dificuldades na vida desde minha infância, mas sempre acreditei que a melhor parte da vida estava por vir, que eu iria dar certo. Mas hoje vejo que sou só uma sonhadora ridícula e essa parte boa da vida não é pra mim.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Zina disse:

    Não sei como te ajudar hoje. Você não está sozinha! E bondade só não faz relação conjugal né. Mana, esse desinteresse sexual (mútuo ou não, eu não sei) não está contribuindo muito para você ficar mais pra baixo?

    Curtir

  2. Gabriela disse:

    Se eu contar a minha história para você você vai ficar feliz eu sou mãe de duas crianças filhas de dois pais diferentes não tenho mãe não tenho pai presente sou sozinha estou desempregada desde agosto de 2015 e até hoje não consegui trabalho. eu me sinto gorda eu me sinto mal mal Vista eu não faço unha eu não faço cabelo eu não tenho nenhum par de tênis para você ter ideia mas eu não estou tão cansado quanto você pelo menos você tem o seu marido para te dar algum tipo de apoio meu filho de 14 anos fala sozinho fica o dia hein inteiro no computador videogame não tem vontade de sair para rua e nem eu também tenho por causa da violência tenho medo não fique tão chateada porque tem pessoas piores do que você se você tem uma expectativa grande se você se acha forte batalhadora Não deixe nada te desanimar o pai do meu bebezinho me ameaça de morte eu tive que vir embora de uma cidade que eu amo que é Salvador na Bahia por causa dele ele não me apoia e me chama ainda de ladra que eu sequestrei o bebê dele e ele é bipolar me ameaça de tudo

    Curtir

  3. Gr disse:

    Querida, não só você, mas a maioria das pessoas não têm a vida que desejaria ou sonharia em ter, sempre falta alguma coisa, ou muitas coisas. Utilize tudo o que você tem hoje, tente se alegrar com tudo de bom que você tem hoje. Não há outro caminho. Aprenda com as quedas, faça delas o seu grande aprendizado. Mas não se enterre nas lamúrias, a vida é mesmo muito difícil para todos nós (algumas com dificuldades inimagináveis!). Não existe conto de fadas, e mesmo aquela pessoa que você acha super feliz (porque tá magra, porque tem um belo emprego, etc), também sofre por outros motivos. Aprenda com o sofrimento, e se abra para o sofrimento do outro. Ainda há muito para ser aprendido nessa vida. Faça, prossiga e cresça pelo seu filho, mas acima de tudo faça isso tudo por você. Abraços.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s