Eu estou estafada de ser mãe “full time”.

Idade: 37

Desabafo Anônimo:

Boa noite.
Acabei de ter uma briga bem feia com meu filho porque ele não quis jantar. Disse que não gostava. Era macarrão com carne moída, que ele sempre amou. Essa foi nossa terceira briga do dia. Teve uma assim que acordamos e uma na hora do almoço, quando o levava pra escola. Na hora do almoço eu chorei no carro, na frente dele. Mas ele tem só seis anos e eu não sei até que ponto ele está sacaneando ou está sendo só uma criança chata.
A verdade é que eu estou estafada de ser mãe full time. Quando eu não estou no trabalho e ele na escola, estamos juntos. Em casa, na rua, nos passeios. Sempre eu e ele, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Tivemos 30 dias de férias juntos em janeiro. Deveria ter sido bom, mas não foi muito. Eu rezei pras aulas começarem o quanto antes. Somos eu e ele.
O pai viveu com a gente até ele ter um ano, mas nos nos separamos e o pai também se separou dele. Nem pensão ele paga. Nunca ligou pro menino. Às vezes, ele pergunta do pai ou por que o pai não vem vê-lo e eu preciso arrancar forças sei lá de onde pra não chorar na frente dele (e pra não dizer também que o pai dele é um imbecil) e dar alguma resposta vaga, do tipo “ah, seu pai não tem telefone, filho!”.
Eu tenho medo de estar criando meu filho errado, tenho medo de fazer errado. Não tenho com quem contar, nem pra desabafar. Eu o amo mais que tudo nessa vida, mas eu sinto que precisamos de férias um do outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s