Não aguento esses palpites

Anônima, 1 filha, professora

Idade: 22 anos

Desabafo Anônimo: Tenho uma bebê de quase dois meses, não aguento mais os palpites da minha sogra, tudo que faço ela critica. Ela mora há 400 km de mim, mas veio no final do ano visitar a neta, eu recebi a família muito bem, mas toda hora que minha filha resmungava ela já vinha falando que tinha que dar chupeta para ‘acalmar’ ela, que ela deu para os filhos dela… eu optei por furar a orelha da minha filha para colocar brincos, lá veio ela com mil pedras na mão. Meu marido fala que é preocupação, mas ela trouxe a filha gripada para visitar uma recém nascida e ainda pegou a bebê. Minha filha tem um hemangioma e eu fui em alguns médicos e começamos a tratar com um remédio de uso tópico, lá veio ela me acusando que ia fazer mal usar isso. Toda vez que ela liga para meu marido é para encher, não sei o que fazer, já que no final desse mês vamos ter que passar uns dias lá. Eu gostava muito dela, mas não aguento esses palpites e meu marido não tem coragem de falar nada com ela.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Daniele disse:

    Já passei muito por isso, até que me enchi, dei uma de louça, falei tudo que queria pra ela e coloquei culpa no puerpério, Hoje nossa relação é de respeito.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s