Eu estou lutando

Paula Katiully Novais, 2 filhos, do lar

Idade: 32

Desabafo Anônimo: Eu não estou sofrendo. Eu estou lutando!”
Essa frase é de Juliane Moore como “Alice no filme Para sempre Alice”. Esse filme conta a história de uma doutora e professora que sofre de Alzheimer precoce.
Essa frase podia ser minha.
A Depressão pós parto, não me impede de reconhecer quem está em minha volta, mas as vezes eu não me reconheço. Faço coisas que achava que jamais faria,penso coisas que não consigo acreditar que estão na minha cabeça e preciso de um esforço sobre-humano pra não fazer nenhuma besteira.
Tem dias muito bons e dias muito bosta.
Eu reconheço que escolhi o caminho mais difícil, não levar a sério o tratamento, e tem dias que é crise,choro,tiro,porrada e bomba.
Quando fui diagnosticada com Depressão pós parto,minha segunda filha estava com 9 meses. Eu sabia que algumas coisas não estavam bem, mas nunca imaginei que fosse depressão.Perdi todo sentimento e prazer de cuidar dos meus filhos.
Confesso que ainda ta difícil enxergar a linha de chegada,mas tudo que eu quero é caminhar pra recuperar minha autonomia, e mais que isso, o Eterno tem criado em mim uma empatia pra com aquelas quem vivem na mesma condição. Eu sei que existe um caminho pro fim desse sofrimento!
Isso é o mais importante.
“Eu não estou sofrendo. Eu estou lutando.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s