Hoje está difícil, amanhã será mais fácil

Por Thais Cimino – 24 Janeiro 2017


Há mais de três anos não está fácil. A gravidez inesperada de um relacionamento recém começado. Muitas ilusões, planos e realidades conturbadas.

De um país pro outro, a rejeição dos pais, os pais dele nos fecharam as portas e por quase dois anos não deram nenhuma bola, pra neta, pro filho e muito menos pra mim, a nora.

Ela nasceu naturalmente mas a amamentação não foi assim exatamente. O seio sangrava, o olho chorava e o coração dilacerava. Muito amor por um serzinho tão indefeso e muito abandono para a mãe recém-nascida.

Um misto de sentimentos de amor e alegria junto com muito medo, isolamento e exaustão todos os dias.

O pai da cria acordou depois de um ano, enquanto isso a realidade era só nós duas, mano a mano.

A mamadeira doía no peito recém operado de um abcesso, e o “amor líquido” escorria pelo ralo, amamentar tem uma faceta que nunca tinham me contado. Nesse momento entendi que a maternidade tem coisas assim, descobri sozinha porque ninguém tinha me falado.

O deslumbramento pela filha era tanto que até assustava só que o pai dela não estava, demorou para despertar. Entreguei de corpo e alma a minha vida para a minha filha Vida que não podia esperar, e o companheiro que era pra toda a vida de repente perdeu toda a vida.

Decidida a separar mas ao final eu ficava, tão importante os primeiros anos de uma criança… e eu, uma mulher abandonada.

Quando me escutei falando francamente não consegui seguir em frente, chega de me esconder, estando consciente não dava mais para fingir ser mulher valente enquando cada dia eu sumia lentamente.

Acabou! Basta! Pelo amor à nossa filha temos que ir por caminhos diferentes. Ilusões destruídas, sem planos de saída e uma realidade cheia de feridas.

Agora está chegando a hora da partida, com uma filha de 3 anos, sem trabalho, sem dinheiro e sem comunicação com aquele que um dia parecia ser o homem da minha vida.

Recomeçar como mãe solo outra vez em outro país. Tá chegando a hora e estou em pedaços. Me mantenho forte para a minha filha não sentir o meu cansaço.

Hoje está difícil, amanhã será mais fácil. O que me mantém erguida é o apoio dessa rede linda, sem contar a minha mãe e a ajuda de poucas amigas.


Aproveito o meu desabafo para convidar a todas vocês, que assim como eu precisam desabafar, para conhecer a ONG Temos que falar sobre isso, que iniciei quando minha filha fez 1 ano, para falar sobre as dificuldades, dores e desafios da maternidade e graças a essa rede hoje tão maravilhosa encontrei mulheres incríveis que ajudam a outras sem julgamento e com muito acolhimento. O site é www.temosquefalarsobreisso.com.br

Um beijo a todas vocês mulheres, mães que estão passando por dificuldades, estamos juntas!

Thais Cimino.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Juliana Valino disse:

    Olá Thais.
    Eu tbm estou fora do país. Onde vc esta?
    Eu estou nos EUA. Se precisar de qualquer coisa, nem que seja só pra eu emprestar meus ouvidos pra vc desabafar, eu estou aqui.
    Um beijo e força querida
    Estamos juntas.

    Curtir

  2. angellstore disse:

    Só conhecemos a verdadeira essência de um homem quando ele se torna pai… Então poderemos ter o melhor ( ou não) dele. Digo por experiência própria.
    Amanhã será menos difícil, Thais! Sinto ecoar dentro de mim as dores e angustias de todas as mulheres que deixam seus relatos-desabafos … O meu médico disse, em uma palestra, que “todas as mulheres são um portal divino” pois é através da mulher que o ser humano chega ao planeta Terra; e mesmo as mulheres que não tiveram ou não terão filhos, são um portal divino. Fico tão triste em pensar que hoje, em pleno século 21, ainda passamos por tantas… Que possamos nos fortalecer, umas às outras e possamos deixar um legado amoroso de humanidade aos nossos filhos para que todos sejam mais felizes: Mulheres e Homens.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s