Depois que virei mãe, todo mundo tem uma opinião…

24 anos.

Desabafo Anônimo: Nem sempre eu quis ser mãe, sabe? Eu sempre fui uma adolescente rebelde que desejava liberdade e viagens, festas e bebida…
Mas aí a idade adulta chegou e eu conheci meu noivo e ele tem uma menininha, me apaixonei, e de repente meu relógio biológico apitou! Virei mãe.
Depois que virei mãe, todo mundo tem uma opinião… “coloca uma meia nele”, “põe casaco”, “tira o casaco”, “não pega ele assim”, “ele espirrou, tá doente porque você não coloca casaco”, “absurdo você levou ele ao cinema com você”, ” você não vai levar ele pra faculdade”, “essa criança tá acostumada com colo”, “isso é manha”, “deixa ele chorar no berço pra acostumar”, “vai dar banho agora?”, “Não põe de bruços, não põe de barriga pra cima”…  e não para por aí.
Mas o que mais me incomoda de todos os palpites é com relação a amamentação! Olha, eu sei da importância do leite materno, sei da ligação mãe e filho e todas as outras coisas que fazem campanha… mas eu simplesmente não nasci pra amamentar.
1. Eu tenho pouco leite, mesmo tomando remédio…;
2. Eu não sinto prazer em amamentar, amamento porque é meu filho, ele precisa se alimentar e o leite materno é o melhor alimento;
3. Eu acredito que existam outras formas de fazer a conexão mãe e filho… afinal ele ficou 9 meses na minha barriga…
Eu vejo muitas mães lutando pelo DIREITO de amamentar seus filhos até os 2 anos ou mais, pelo DIREITO de amamentá-lo onde quiserem… mas e o meu direito de comprar fórmula e dar ao meu filho?
Quando estou em um local público e me veem dando mamadeira a um bebê de 3 meses, me olham como se estivesse matando meu próprio filho.
Acho que cada mulher sabe o que é melhor para o seu filho, cada mãe sabe como deve vesti-lo, alimentá-lo, criá-lo…
Eu gostaria de ter mais leite? Sim gostaria… mas sei que foram anos de pesquisa e dedicação para chegar à fórmula  e que estou dando algo saudável, confio na tecnologia e não é a toa que o leite é caro. Então… pessoas, eu não estou matando o meu filho, sendo irresponsável ou qualquer coisa do tipo.
Meu filho vai ao pediatra todo mês, sabe qual leite em pó e quantidade que ele toma… inclusive o próprio pediatra pediu o complemento devido à falta de leite.
Gostaria que as pessoas que são mães e as que não são também cuidassem da própria vida… e parassem de olhar pra mim como se eu fosse assassina!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s