Roberta F. Ramos Mandelli

em

A Roberta faz edições de Desabafos e também está no comando da nossa página no Facebook às terças e domingos.


Mãe do Gael e de uma estrela que ficou iluminando minha vida por 10 semanas em meu ventre. Professora e amante das palavras.

Pude julgar que elas – as palavras – têm muito peso em dois momentos em especial, depois que me tornei mãe: quando perdi meu bebê e quando enfrentei (muitas) dificuldades para amamentar.

Pouco mais de 1 mês depois de descobrir minha primeira gravidez – esperada desde que eu me entendo por gente – eu perdi meu filho. E as pessoas, tentando me consolar, me machucaram. Ouvi muitas frases dolorosas do tipo “não era para ser seu filho” ou “pelo menos foi no começo”. E me dei conta do quanto as pessoas não estão preparadas para acolher a perda gestacional.

Algum tempo depois, engravidei novamente e quando Gael nasceu, eu busquei “ajuda” para amamentar, mas encontrei desestímulo. Fui ao banco de leite e lá escutei que ele era grande demais e eu não tinha muito leite. Teve até espanto por ele ter nascido de parto normal e um “conselho” para eu dar mamadeira. Quanto sofrimento, quanto choro, quanta sensação de impotência. Ninguém, ninguém mesmo nos alerta para esse período. E quando buscamos apoio, encontrar as palavras erradas pode ser catastrófico!

Conheci o Temos que falar sobre isso depois de ter passado a agonia toda. Encontrei no projeto exatamente o que eu queria ter encontrado antes. Encheu-me de esperança a possibilidade de fazer algo para que outras mulheres não passem o que eu passei. Agora quero ajudar a usar as palavras para amparar, para confortar e para acolher.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s