Eu chorava a dor de ter um filho na montanha russa da morte

 

Desabafo Anônimo: Vivo trancada num mundo diferente das demais pessoas, sou sufocada diariamente, sofro em silêncio e choro calada, vivo numa montanha russa sozinha, estou rodeada de pessoas, mas ainda sim estou só.

Tenho uma filha linda de um primeiro relacionamento fracassado, mas juntei meus pedacinhos e tentei refazer a vida: me casei e foram 5 anos sendo mãe do meu marido. Tivemos um filho e ele nasceu especial. Larguei tudo para me dedicar a ele, e nisso minha filha foi sacrificada, meses e meses num hospital, e ela (minha filha) com minha mãe. Tive dois filhos ambos sem pai, sem carinho, sem a figura paterna, sem a proteção que um pai passa aos filhos. Foi mais um relacionamento fracassado.

Meses num hospital resultou numa mulher magra, cabelo caindo, olheiras horríveis, e um marido se divertindo com outra enquanto eu chorava a dor de ter um filho na montanha russa da morte. Mais uma separação, e o que eu já fazia sozinha, continuei. Trouxe meu filho pra casa, que casa né? Para a casa dos meus pais. Lá, fui sobrevivendo e me arrastando, levantava da cama por eles, tudo por eles, até voltar a ficar meses trancada num hospital. Recebia mais apoio dos de fora, pessoas que eu nunca tinha visto antes, escondia minha tristeza num sorriso falso.

Eu tento todos os dias, não tenho mais sonhos, trancada num mundo diferente dos demais, aqui tenho uma vida diferente, são mais lágrimas do que alívios. Já desejei a morte do meu próprio filho: pensei que assim o aliviaria dessa vida. Desejo morrer, mas penso na minha garotinha criada longe de mim, apenas com ligações. Não nasci pra ter ninguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s