Ninguém se importa comigo

Grávida de 3 meses, desempregada, 24 anos

Desabafo Anônimo: Ninguém nunca pergunta como eu me sinto.. Fisicamente, às vezes, nota-se que eu estou péssima de tanto vômito e enjoo incessante.. Mas e o emocional? Esse é o que mais pesa.
Eu chorar durante a ultra parece normal, o médico e a assistente devem achar que estou emocionada, mas na verdade eu estou triste ao ver um bebê dentro de mim… A minha mãe não está nem aí… O pai do bebê reclama dos direitos dele mas não cumpre com os deveres, e no fim das contas ninguém está nem aí para como EU estou… Querem saber do bebê? Ele está dentro de mim! Então no mínimo tudo que eu sinto afeta o bebê, então é assim que o bebê está: triste, sozinho, desesperado… Minhas lágrimas de todos os dias não podem estar fazendo bem a ele… E se algo acontecer comigo ainda vão me culpar por eu não conseguir me controlar colocando, assim, a vida do bebê em risco. EU ESTOU AQUI!!! Mas parece que ninguém escuta, ninguém se importa…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s