Minha tranquilidade em lidar com isso vinha não sei de onde…

Flavia, 01 filho, Professora, 35 anos.

Desabafo Anônimo: Até os 6 meses de gestação tudo correu bem.
A partir daí comecei a ter sangramentos fortes sem muita explicação. O bebê estava bem e tudo voltava ao normal.
Foram 2 internações e eu já me acostumava com a ideia de um parto prematuro.
A partir daí eu já sabia que nada ocorreria de acordo com o planejado. Escolha da maternidade, enfeite de porta, lembrancinhas, chá de bebê, nada disso tinha importância.
A minha tranquilidade em lidar com isso vinha não sei de onde.
Na terceira internação os médicos de plantão decidiram fazer uma cesariana de emergência, com 32 semanas o meu bebê já estava com 2 quilos, grande para a idade gestacional, o que iria favorecer muito a situação. Ok, vamos em frente e lutar com todas as forças para que tudo ocorresse da melhor forma possível.
Kenzo nasceu forte, não houve nenhuma intercorrência nos 37 dias de UTI aguardando o amadurecimento do seu pulmaõzinho.
O difícil é ir embora sem o bebê. Tirar leite em casa durante a madrugada com o seu bebê a quilômetros de distância. Chegar na maternidade às 8h da manhã ansiosa para saber como havia sido a noite.
Enfim saímos todos mais fortes dessa experiência que nos tornou pais e filho especiais enxergando as coisas da vida sempre de outro ângulo, valorizando cada momento juntos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s