Eu só quero me restaurar….

22 anos, estudante


Desabafo Anônimo: 15 de fevereiro 2016, minha bolsa rompeu e 2 dias depois, estava com meu útero completamente vazio. Perder aquele bebê  foi … eu não sei explicar com palavras. Aquele bebê que tinha um nome, um enxoval, um quarto e uma mãe que havia passado as últimas 19 semanas preocupada com o parto, com os melhores itens que estimulasse o desenvolvimento dele da melhor forma possível e com um medo fora do comum de perder aquele bebê. A cada plano, até mesmo comprando uma roupinha e o imaginando ali dentro, vinha o medo.
Então, perdi. E como tem sido difícil passar por tudo.
A gente tenta continuar. A gente tenta seguir o ritmo, tenta voltar ao trabalho, a faculdade, tenta até pentear os cabelos, mas não dá.
E a gente tenta sozinha. Mesmo que aquele bebê tivesse um pai, de repente, me vi sozinha com a minha dor fora do comum, inexplicável, insustentável e me senti mãe solteira, carregando sozinha a minha dor.
Era o meu filho, apesar de ter tido um pai, quando partiu ele já não teve.
Já ouvi que a culpa era minha, mas não tinha problemas, poderia ter um outro filho.
Ouvi que eu tenho que parar de me lamentar.
A vida de todo mundo volta ao normal, dão uma data de vencimento para nosso luto e nossa dor, uma data curta, aliás. E acham que, em um passe de mágica, nos esqueceremos de tudo o que houve.
Então, eu só queria que PARASSEM de me dizer que eu tenho que seguir em frente, que eu tenho que continuar. PAREM de dizer que foi triste, mas que já passou.
Pra mim não passou. E nunca vai passar.
POR FAVOR, parem de me obrigar a ser grata por continuar vida, por ainda ter útero. E PAREM de me lembrar que um dia, caso eu queira, eu poderei ter outros filhos.
Eu só quero viver o meu luto, desacelerar, me restaurar.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Renata Chaves disse:

    Nossa, tive uma pequena noção da sua dor, mas nada se compara a sua. Não sei muito bem o que te dizer, se é que possa te dizer algo, sendo que na verdade gostaria de apenas te abraçar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s