Eles roubaram minha maternidade

Viviane… 1 (natimorto) enfermeira.33

Desabafo Anônimo: Ola meu nome é Viviane, há exatamente 4 meses perdi minha pequena Ana Luiza (Analu- como a chamávamos)…. Minha história começa mais ou menos no final de abril quando meu teste deu positivo, eu já havia engravido, mas tive um aborto com 6 semanas; e após 4 meses engravidei de novo. Quando descobrimos me lembro de ter chorado muito de alegria…. E foi uma grande felicidade para toda a família, durante a gestação não tive nada fora do normal, tive enjoo, muito sono, mas nada que me preocupasse. Trabalhei até novembro, uma vez que o parto estava previsto para o dia 06-01-2016, mas a médica achava que nasceria antes, então passamos o Natal e Ano novo ansiosos… Mas nada! No começo de dezembro comecei a sentir algumas dores e desconforto, mas os médicos diziam que era normal, e assim aguardei, no dia 4 de janeiro então procuramos um médico e pedimos para que ele fizesse a cesárea, pois eu estava com medo do parto normal e achando que ela ainda estava alta. Ele me disse que não faria e que eu deveria esperar até dia 15, caso ela não nascesse ele faria. E então no dia 10 não aguentei e fui procurar um médico, estava sentindo dor e com um pressentimento ruim… Ele me disse que eu não estava em trabalho de parto, e mandou eu voltar pra casa. Porém na madrugada do dia 11 às 3:00 da manhã voltei com um sangramento. O mesmo médico ainda de plantão me disse que eu não estava em trabalho de parto e nem dilatando, que eu voltasse às 7 da manha, porém minha mãe não deixou …. Ele resolve me internar, às 06:00 da manha o enfermeiro fez o toque e disse que eu estava com 6 cm de dilatação, eu havia ficado 4 horas em trabalho de parto, não aguentava mais e então pedi uma cesárea e disse que pagaria. Porém me falaram que “não” que a neném iria nascer pelo SUS mesmo que fosse necessário uma cesárea. O médico chegou fez o toque e já estava toda dilatada; e aí meu pior pesadelo começou… O medico disse que a bebê estava com o batimento fraco, ao romper a bolsa já havia mecônio, ainda assim aquele mostro mesmo vendo que ela não estava encaixada optou por fazer o parto normal. Mas ela não nascia, e aí só então resolveu fazer a cesárea, mas já era tarde: minha filha nasceu sem vida. No relatório colocaram que minha filha nasceu “impregnada de mecônio, asiano tica, com mecônio na região orotraqueal, e sem pulso”…. Naquela manhã roubaram meus sonhos, minha maternidade e minha vida….. Hoje estou com um processo contra os médicos. Ainda não sei o que irá acontecer, pois eles alegam que a minha pequena Analu, nasceu com nó verdadeiro de cordão, e esse foi o motivo do seu falecimento. Enfim vamos divulgar nosso sofrimento para que outras mães não passem por essa dor .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s