Apoio social no Puerpério

Por Rafaela Schiavo – 07 Junho 2016


O puerpério é o período pós-parto que tem início com a saída da placenta e término quando os órgãos reprodutores da mulher e seu estado geral retornam ao estado anterior à gestação. Em geral o tempo que o corpo leva para retornar ao estado pré-gravídico é de cerca de três à seis meses, entretanto, quando pensamos no estado psicológico da mulher esse tempo pode levar um pouco mais de tempo chegando até um ou dois anos após o parto.
Geralmente as mulheres fantasiam o momento do pós-parto como um momento mágico, onde poderão encontrar com seu bebê e vivenciar momentos de muito prazer com a maternidade, e a probabilidade de encontrar essa satisfação é alta, mas, infelizmente, para muitas a fantasia dura pouco, a mulher tem que lidar com a realidade, assim que chega em casa após a alta hospitalar. Porque a puérpera tem que lidar com uma série de ações e situações que são estressantes e que não faziam parte de sua fantasia.
Em geral a puérpera tem que lidar com a novidade da amamentação, com a preocupação se o bebê ainda está com fome ou não, se está sentindo frio ou calor, se o número de horas que ele dorme está adequado, se o choro é de fome, dor ou qualquer outra coisa, se está respirando etc, etc, somado à isso ainda tem as preocupações com as atividades domésticas, como lavar roupa, arrumar a casa, fazer comida e ainda ter que dar conta de receber visitas que muitas vezes chegam nas horas mais inapropriadas. A mulher tem o seu horário de sono totalmente alterado, passa horas acordada, não encontra tempo muitas vezes para cuidar de si mesma, pentear o cabelo, escovar os dentes, ir ao banheiro, tomar um banho, e se ela já tem outro filho soma-se aí ainda mais essa preocupação: será que estou dando a atenção adequada para o filho mais velho?, e muitas vezes o sentimento de culpa surge entre essas mulheres, nada é mais como antes.
Com tudo isso, a mulher que tem uma estrutura psicológica mais fragilizada pode adoecer apresentando problemas de saúde mental tal como estresse em fases avançadas, alta ansiedade e sintomas de depressão.
O apoio social é de extrema importância nesse momento para a puérpera. Ao parceiro cabe oferecer todo o apoio que a mulher precisar, não é responsabilidade só da mãe os cuidados com o bebê, o pai também é muito importante e fundamental nessa tarefa. A mulher que sabe que pode contar com o parceiro, tem aí um fator de proteção para não adoecer nesse período. O parceiro além de ajudar nos cuidados com o bebê tal como trocar, dar banho, alimentar, também pode oferecer ajuda nas tarefas doméstica, tornando o puerpério menos estressante para a mulher.
Os familiares próximos a puérpera também oferecem grande ajuda quando auxiliam nas tarefas domésticas nos primeiros dias após a alta hospitalar. Mas se tornam inconvenientes quando começam a querer falar que a puérpera não sabe cuidar da criança corretamente, e tentar “ensinar” como é ser mãe.
As visitas ajudam muito quando vão à casa da puérpera após pelo menos 3 semanas de nascimento da criança, ligar antes para saber qual é o melhor dia e horário, é educado. Não pedir para segurar a criança, a não ser que os pais ofereçam, e se for pegar, lavar as mãos antes e nunca fique muito tempo, faça visitas rápidas, até que se passe pelo menos os três primeiros meses. O apoio social, portanto, é importante na medida que oferece realmente ajuda à puérpera que passa por um momento de reorganização e adaptação de seu novo papel – o de ser mãe.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Excelente! O apoio social, familiar e conjugal são fatores de proteção contra a depressao pos parto. Fundamentais para o desenvolvimento da maternagem saudável.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s