Nesse quarto não me lembro nada o que aconteceu

Desabafo anônimo: Na minha adolescência e juventude sempre fui extrovertida e sempre gostei de me vestir muito feminina e ate sensual … Saia, decote, roupa justa …. Bem com 21 anos era virgem, pouco havia beijado na boca e sonhava com um namorado legal e carinhoso … Estava no primeiro ano da faculdade de medicina e me apaixonei por um colega de turma … Tínhamos uma turma e fomos viajar, em torno de 15 pessoas … Nessa viagem tivemos uma festinha e muitas caipirinhas e eu, que não era acostumada a beber tomei um porre e de porre vi o cara por quem estava apaixonada iniciar um namoro com outra colega. Resultado foi muita choradeira … Um outro colega supostamente querendo me consolar da choradeira me pegou da sala da casa onde estávamos e me levou para um quarto. Nesse quarto não me lembro nada o que aconteceu, lembro que um tempo depois ele chamou uma amiga e pediu que cuidasse de mim. Ela veio e me levou para o chuveiro, eu reclamando de dor genital …. Fomos olhar o lençol e vimos que estava cheio de sangue, concluímos que eu havia perdido a virgindade porem não conseguia me lembrar de nada. Não tive coragem de conversar com o colega, nem ela …. Seguiram-se meses de depressão e culpa … Fiquei bem mal, arrumei outro namorado e não consegui transar com ele, sofria horrores por não ser mais virgem e nem ao menos saber como tinha acontecido. Procurei então a psicóloga da faculdade que me disse: “Você precisa saber que sofreu uma violência sexual pois não estava consciente nem com capacidade para decidir nada quando aconteceu …” A partir dai fui conseguindo ressignificar isso, tive outro namoro mais saudável e consegui resolver minha questão sexual. O colega que “transou” comigo nunca conversou comigo a respeito e os amigos que sabiam o que havia ocorrido mantiveram-se em total silêncio também. Afinal eu sempre passei a imagem a todos de uma menina liberada e experiente por conta da maneira de vestir e me colocar ….. Pairava no ar uma ideia de que era culpa minha …. Muitos sonhos destruídos e meu Deus quanta culpa e arrependimento … Eu não era experiente e nem tinha escolhido aquilo … Os anos passaram e eu consegui superar, ressignificar, viver uma vida sexual bem feliz e saudável… Porém antes engordei muito e cheguei a pesar 115kg na tentativa de negar minha sexualidade, me esconder …. Muitos anos depois fiz a cirurgia bariátrica, emagreci e me redescobri como mulher e encontrei minha autoestima… Hoje sei que sofri pela cultura do machismo e do estupro. Da cultura que taxa as mulheres de comportamento autentico e sincero de vagabundas…. E isso aconteceu num ambiente universitário onde as pessoas são inteligentes e esclarecidas … Só gente boa né ??? …. Vi esse assunto ser discutido la dentro mesmo por outra vítimas com histórias muito parecidas e vi todo mundo querendo desqualifica-las…. Ainda bem que não conseguiram, tive vontade de juntar minha voz a delas e contar essa história mas achei melhor evitar a exposição. Talvez seja uma covardia, porque para mim já passou mas penso em tantas meninas lindas que sofrem com essa cultura desprezível … Tenho minha vida hoje, meu colega também tem e até hoje nos encontramos em reuniões de turma… Não consigo ter raiva, é um cara legal, só corrompido por toda essa tristeza de julgamentos e objetificação da mulher… Tomara que ele tenha se conscientizado do enorme erro que cometeu …. Depois de um tempo meu colega disse que transou comigo pois achou que pela minha maneira de vestir e me comportar eu era uma menina experiente ….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s