Solidão, Depressão no pós-parto e a tribo feminina

em

Por vezes não existe uma depressão real, mas sim uma imensa solidão, pautada pela incompreensão para com a nova mãe, suas necessidades emocionais e desconhecimento sobre a sua própria viagem de maternidade.

A compreensão, dentro do casal, o apoio e empatia sentidas são um factor que pode proteger de uma depressão. A família também o pode ser. Dependendo claro do tipo de intervenção. Demasiados conselhos contraditórios e autoritários, pressão para fazer coisas de maneira diferente da que a mãe considera a mais correta, podem deixar a nova mãe a sentir-se insegura e/ou triste.

Alguns dos sintomas da depressão no pós-parto são semelhantes aos da depressão em qualquer altura da vida, tais como:

Mudanças significativas no apetite;

Falta de prazer ou interesse em todas, ou na maioria das actividades em que tinha prazer;

Falta de energia;

Dificuldades de concentração, entre outros.

Mas, uma mãe que esteja a passar por uma depressão no pós-parto, pode também sentir que é incapaz de cuidar de si mesma ou do bebé; pode ter medo de ficar sozinha com o bebé; ter sentimentos negativos sobre o bebé; preocupar-se excessivamente com o bebé, ou não ter interesse nele, entre outros.

Para muitas mães que sofrem com a solidão faria todo o sentido a existência de uma “tribo”, um grupo de pais e mães que, em conjunto partilhariam as suas experiências, ajudassem nas tarefas, contribuíssem na educação dos filhos, ou seja, dessem apoio mútuo e convivessem.

A modernidade e o individualismo acabaram por nos deixar sozinhos a crirar uma nova vida, uma nova personalidade.

Cada maternidade, cada nascimento, cada criança e cada história é diferente, pelo que é importante respeitar a todas.

Uma mãe que se sente escutada, amparada e “olhada pela sua semelhante” e pode por sua vez olhar de volta, é uma mãe que se sente acompanhada, que nunca se sentirá só. Pode sentir-se assustada e com medo, mas não estará só, e isso é um factor de protecção que diminui a probabilidade de uma depressão.

 

 

Adaptado de: https://maternidadnaciente.wordpress.com/2015/02/12/depresion-o-soledad-postparto-la-importancia-de-una-tribu/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s