Não sabia que precisava tanto desabafar…

É a primeira vez que escrevo um desabafo. Eu sempre fui o tipo de pessoa muito forte que suporta os trancos e barrancos da vida sem reclamar ou contar para ninguém, então imaginem a minha surpresa quando me deparei com o “desabafo anônimo” e me vi clicando para escrever um. Até então, eu não sabia que precisava tanto desabafar sobre algo.

Tenho 20 anos, desempregada e não sou formada em nada. Moro com meus avós e meu marido, que trabalha, mas não ganha o suficiente para sustentar uma casa para nós. Eu sabia que, quando me descobri grávida, eu ouviria muitas coisas negativas das pessoas e da minha família – coisa que realmente aconteceu -, mas eu jamais imaginaria que isso me afetaria da forma que está afetando.

Quanto mais falam, pior me sinto. Quanto mais dizem que sou nova demais e não tenho estrutura nenhuma, apesar de eu saber muito bem disso, mais me sinto incompetente como mãe e acho que estou sendo injusta com o bebê que estou gerando. Penso sozinha “o quão egoísta sou colocando no mundo uma criança que será infeliz aos meus cuidados?”, não me sinto capaz.

Estou confusa, frustrada e a única pessoa que consigo culpar sou eu. Afinal, eu quem engravidei, eu quem não tive capacidade de passar numa faculdade, eu quem não consegui sustentar um emprego, eu quem não fui boa o bastante. E como posso eu querer ter pra mim a felicidade de um bebê? Sem contar em meu marido, que precisa se virar por conta da minha incapacidade.

O que fazer na minha situação?

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. camila disse:

    Não estudou mas poderá estudar. Haverá um período que seu marido poderá ficar com ela 4h enquanto vc vai pra aula. Ter um filho requer esforço do pai tbm, não acho que só a mãe deva se abdicar das coisas pelo filho.
    Por enquanto nossa vida é esperar, e curtir a maternidade. Mas nunca a maternidade deverá anular nossa vida, faça um tempo pra ela.

    Curtir

  2. Franciele disse:

    Querida, me solidarizo com seu sofrimento. De certa forma, já me senti assim.
    Filho é um grande marco na vida da gente, muda muito, bagunça, mas agrega tanto, traz tanto amor. Sei que é muito difícil controlar mas evite se culpar, ngm carrega a culpa de tudo nas costas. Então não faça isso com você.
    As pessoas vão falar, sempre, sempre e infelizmente você vai aprender que isso faz parte da maternidade, é extremamente importante aprender a ignorar e só ouvir oq realmente fizer sentido pra você.
    Sinta-se abraçada,
    Fran

    Curtir

  3. elisamorales08 disse:

    Querida Anônima…..é culpa demais para alguém tão jovem, não?
    Você tem a vida toda pela frente! Tem tudo para construir ainda! E com certeza, será a melhor mãe possível para o seu bebê! Você não é incapaz!
    Aos 20 anos, não podemos taxar nossa vida como um fracasso….por favor, levante a cabeça e tire “incapacidade” do seu vocabulário. Coisas boas estão por vir! Lute!
    Um grande abraço!

    Curtir

  4. Gina Yara de Sousa Pereira disse:

    A culpa é um sentimento totalmente inútil se não gerar atitude! Não olhe para trás, olhe para o presente e futuro. Se você acha que fez tudo errado, marque hoje como o dia a partir do qual fará tudo da melhor maneira possível! Seja a melhor mãe do mundo para seu bebê! Dê força moral ao seu marido! Ignore as críticas! E, principalmente, planeje seu sucesso. Você não precisa de emprego, arranje uma atividade que você possa desenvolver em sua casa: a Internet está cheia de boas idéias, agarre uma delas é vá em frente: cozinhe e venda, costure e venda, compra e revenda… Enfim, há muita coisa a fazer: comece hoje!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s