Minha Borboleta Alana

Roselaine Bezerra da Silva


Sou Roselaine, estou passando pelo luto. Perdi minha filha de onze anos, uma historia linda mas, ao mesmo tempo, triste… Engravidei aos 20 anos, casei. Alana era o nome dela. Nasceu prematura e resumindo pegou bactéria hospitalar, meningite. Desde aí começou a nossa luta, mãe e filha… médicos não davam muita chance, mas ela era mais forte que eu mesma… Pensa em uma criança com força de vontade de viver, era minha borboleta Alana. Sempre ficando doente, internada em UTIs. Em maio de 2015 os médicos a desenganou.. Mais uma surpresa: ela superou a asma que naquela noite quase a matou… enfim, fizemos o tratamento correto, passou seu aniversário no hospital. Passou bem junho e, no começo de julho, dia 17, ela parou na minha casa. Estava bem, sem nenhum problema. Quase morri quando percebi que ela já não respirava… E hoje sofro. Me culpo porque achava que porque em maio ela não morreu e era para ter ido nas falas dos médicos e ela não foi e, em casa, ela foi. Sofro de remorso, de culpa de tudo. Estou com depressão… Peço ajuda…. Obrigada.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Pri disse:

    Nossa que tristeza. Mas não tem porque se sentir culpada.. se ela já tinha essa saúde frágil, infelizmente ela iria de um jeito e de outro… e tenho certeza que pra ela foi muito melhor fazer essa passagem em casa, no conforto do lar e não no ambiente frio e assustador de um hospital…Agora ela está livre de toda dor e sofrimento mãe… não consigo imaginar o tamanho da dor que seu coração sente, mas espero que um dia seu sofrimento termine e fique somente as boas lembranças que seu anjinho deixou pra você enquanto estava viva. Abraços.

    Curtir

  2. vivian disse:

    Não se culpe , a dor é imensa eu sei, meu prematuro faleceu de derrame cerebral nascido com 26 semanas viveu por 19 dias na incubadora com 680 gramas, engravidei graças a indutores de ovulação e ja estou com 34 anos e com muito medo de não poder engravidar novamente, tbm me culpo ou tento achar culpados, mas na verdade não existe culpados Deus queria ele e levou, vc tem que agradecer a ele por ter te deixado ela com mais tempo de vida, o meu só teve 19 dias, mas agradeço por ele ter me feito mãe por esses curtos dias.

    Curtir

  3. Débora jadach disse:

    Você é uma grande mãe, poucas teriam sido fortes como você. Tudo acontece na hora que tem que acontecer e ninguém pode evitar o que está escrito, você não tem culpa de nada! Ao contrário, tem mérito por ter lutado ao lado dela e com certeza a borboleta Alana gostaria de ver vc continuar lutando nessa batalha diária chamada vida. Que Deus conforte seu coraçao, busca a paz que ultrapassa qualquer entendimento nEle e Ele te dará!

    Curtir

  4. elisamorales08 disse:

    Não se sinta culpada, mãe. Você lutou ao lado da sua filha por 11 anos e, com certeza, foi a sua força que fava forças pra ela não desistir. Mas a vida toma caminhos inexplicáveis e cruéis as vezes. Posso inagibar a sua dor e sei que nossos comentários não podem te aliviar. Então te ofereço meu abraço virtual e minhas orações. Creio na força de mães que oram umas pels outras.
    Você fez tudo que podia, guarde isto no seu coração.
    Um grande abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s