A violência da família

Sem filhos vivos, estudante de Psicologia, 23 anos.


Este é o meu segundo desabafo. No primeiro descrevi a violência obstétrica que sofri no meu primeiro e no segundo abortos espontâneos. Hoje vim contar a violência da família. Eles não percebem mas, cada vez que negam a existência dos meus bebes, estão me violentando. Cada vez que me chamam de egoísta por não querer doar nem vender as coisas que comprei pros meus bebes, estão me violentando. Cada vez que me dizem que vou engravidar de novo, que ainda sou nova, que eles nem eram bebes eram fetos, que eu preciso tratar minha “doença” pra depois engravidar (eu não tenho doença nenhuma), estão me violentando. Minha sogra nunca quis meus bebes, nas duas gestações ela disse em alto e bom som “eu não queria ser vó”, também disse no dia que damos a notícia da segunda gravidez “boa sorte, quem fez o moisés que embale”, fico pensando que criatura é essa que não tem remorso de nada, não tem sentimentos. Estou tentando engravidar de novo e rezo todos os dias pra que essa mulher nunca queira pegar meu filho no colo porque eu não consigo pensar nisso e não sentir raiva! Não quero que meus futuros filhos tenham contato com ela, não quero, eu choro pensando nisso, tenho ódio, tenho medo do que pode acontecer futuramente, só queria que todos eles dessem um tempo e que minha sogra sumisse da minha vida. Sei que ter raiva é errado, mas sou humana. Ela rejeitou meus filhos, eu acabei perdendo os dois, e não sei conviver com isso.

2 comentários Adicione o seu

  1. Seria importante vc fazer um acompanhamento com o médico dessa próxima vez. Tentar quem sabe descobrir a possível causa das perdas, abortos espontâneos podem ter muitas causas, ou mesmo causas nenhumas mas é importante estudar todas as possibilidades. Quanto a sua sogra, entendo sua raiva, mas tente manter um relacionamento saudável, se possível mantenha distância de tudo o que te faz mal e te cerque de amigos e familiares que te queiram bem e estejam torcendo por vcs. Tenho uma filha pequena mas tive duas perdas seguidas, incluindo uma morte perinatal muito dolorosa há menos de um ano. Quero tentar de novo o mais rápido possível, mas estou acompanhando tudo pelo médico, ainda mais com essa epidemia de zika. Cuide-se e cuidemos de nós para que possamos cuidar bem dos nossos futuros bebês! Bjs…qlq coisa nos procure. 😘

    Curtir

  2. Cris Cavalheiro disse:

    Tenta abstrair e te focar no que importa, que é a tua vontade de ter outro filho, e quem sabe não conta… Conta quando a barriga aparecer. E quando te perguntarem pq não doa as coisas responde; é tudo muito caro e vou engravidar novamente… Não fechei a fábrica. E não dá satisfação. E sobre tua sogra, tenta aceitar, pois a não ser que troque de marido, não te livrará dela. Fique bem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s