Me recuso a acreditar

23 anos, Desempregada, Mãe.


Depois de viver em um relacionamento abusivo por sete anos, finalmente tinha encontrado “o grande amor da minha vida”.  Tentei me matar após o término de tal [relacionamento] há uma semana. Resultado: 8 pontos. Não queria acreditar que tudo que vivi foi uma mentira, me recuso ainda acreditar. A pessoa me dizer que, depois de quase um ano, um noivado e planos caminhando, nunca me amou, contar todos os meus segredos mais íntimos para minha família, me bloquear de tudo e fingir que nada aconteceu?! Está difícil continuar. O que me mantem aqui ainda é minha filha, mas não sei por quanto tempo irei aguentar. Agora tenho que esconder essa tentativa frustrada de fugir desse mundo, para não me tirarem a única razão de levantar da cama todos os dias.  As únicas pessoas que sabem e que poderia contar seria minha “família”, mas são as primeiras pessoas a me julgar e me apontar o dedo. Estou perdida e triste.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Aconteceu o mesmo comigo. A única diferença é que eu tive um filho com essa cara. Hoje, mais de um ano sem vê-lo, além das audiências que me faz ter de lembrar que ele existe, vivo muito bem sem ele e seu abuso. Ele nunca nem viu o filho. Vou te contar: Isso tudo passa! Passa de uma maneira incrível e novos amores aparecem! Quem sabe o novo amor da sua vida não seja você mesma! Acredite, você é mais! Ele n]ap vale a pena!

    Curtir

  2. Shai disse:

    Querida, busque forcas em sua filha e siga em frente! Você é jovem e tem muita coisa boa para acontecer em sua vida, não se entregue, este homem não merece isso. Você é forte e vai superar!

    Curtir

  3. Amanda disse:

    Sinto muito pela sua dor, difícil ter o coração quebrado e a confiança depositada estilhaçada.
    Mas como você disse que tem uma filha e 23 anos, lhe digo que ainda há tempo, esperança e novos caminhos.
    Sua vida é uma só e muito importante, e mesmo que agora se sinta sem saída com o tempo essa tristeza passa, com calma verá que existem outros caminhos, oportunidades, amores e chances.
    Também passei por situação parecida e confesso que chorei por muito tempo até me dar uma chance de enxugar minhas lágrimas e ver que existe solução.
    Me compadeço de sua dor e lhe peço que se perdoe, se dê uma chance e acalme o coração porque tudo isso vai passar, o que não passa é a vontade de ter outra oportunidade.
    Se cuida!bjus

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s