Uma mãe não esquece

Jaine, 3 anjos, 28 anos


E o tempo passou, a vida continua, e dai?
Sim, com o tempo a intensidade da dor diminui mas a da saudade aumenta, principalmente de uma mãe que já tinha tantos planos, sonhos para seu bebe e ele não está mais aqui.
Há quase nove meses meu terceiro filho se foi para o céu. A intensidade da dor diminuiu, sim em alguns dias, mas tem dias que ela vem com força total e aí, para ajudar, tem a saudade que só aumenta, saudade do meu filho que não tive em meus braços, saudade do cheiro, saudade do que não vivi com ele e do que não vou viver.
Com o tempo as pessoas esquecem, a vida continua e ainda mais nessa época do ano com tantas datas comemorativas. Mas a mãe, ah ela não esquece, pelo contrario, me faz lembrar ainda mais, em cada detalhe simples, como quando falam do natal, imagino cada cena dele aqui, conhecendo as luzes que enfeitam por toda a parte, se encantando com as cores. Não teve um só lugar que eu fosse durante esse tempo que ele não está comigo, que não imaginei como seria com ele junto, conseguia visualizar o bebê conforto em cada cena que vivi. Muitos lugares eu pensava “se ele tivesse comigo, eu não estaria aqui e não importaria a mínima de não estar”, em cada lugar, por mais pessoas que possa ter, eu sinto a falta dele. As pessoas ao redor nem percebem, não notam, mas a mãe que não está com seu bebê consegue ver a cena que está vivendo como seria junto de seu filho.
Se é bom ou ruim? Não sei
Se vai passar um dia? Acredito que não, os dias das dores intensas podem sim diminuir cada vez mais, mas não deixará de existir. As pessoas poderão esquecer que um dia ele veio e se foi, mas a mãe nunca, pois a sua vinda e a sua partida nos transformou intensamente.
Uma mãe nunca vai esquecer seu filho, em nenhum segundo de sua vida, pois mesmo ele não estando com ela fisicamente, ele habita em seu coração tão intensamente como uma criança que está viva.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Érica Quintans disse:

    Querida Jaine,
    Sentimos muito sua perda.
    Você está coberta de razão, a dor do luto vai e volta, e esse processo tem seus altos e baixos. Obrigada por dividir com a gente seus sentimentos!
    Um abraço carinhoso,
    Érica Quintans – Equipe Temos que Falar Sobre Isso

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s