Anjo Ana Julia

Sou a Helenice Rodrigues, quero compartilhar minha estória para ajudar outras mães de anjos Hoje a dor não me consome, pois a entreguei totalmente a Deus só ficou a saudade…

Não foi fácil, até duvidei que o Senhor estivesse ao meu lado. Mais quando relembrei todo aquele momento percebi todo o cuidado e amor de Deus comigo. Quando descobri que estava grávida, fiquei muito feliz, escondi do papai uma semana para fazer uma surpresa. Foi maravilhoso; sonhei com cada detalhe, meu sonho sempre foi ser mãe.

Fiz a morfológica estava tudo bem, descobri que era uma menina, nem me contive de tanta felicidade. Minha Ana Júlia vinha ao mundo trazer mais felicidade à nossa casa. Minha gravidez foi tranquila, sem enjoos, vacinas e exames tudo em dia. Tive um problema com o peso, do 4º para o 5º mês meu peso aumentou muito, mais acredito que era retenção de líquido cheguei até a comentar com a médica, mais me disse que não. Na 30º semana não conseguia dormir, respirar direito, minha barriga estava enorme. Fiz um ultrassom e entrei em choque, estava com polidrâmnio (excesso de líquido) a nenê estava inchada mais o coração e os rins estavam bem, fui encaminhada para o especialista na minha cidade não tinha fui pra capital 60 km de distância. Foi tudo muito rápido, isso numa sexta-feira o especialista estava viajando encontrei vaga com outro médico na segunda-feira, voltei pra casa e no domingo pensei que minha bolsa tinha estourado porque o liquido escorreu por minhas pernas voltei pra capital novamente pois na minha cidade não tem UTI neonatal, me internaram até então tudo tranquilo, na madrugada por causa do excesso, o liquido derramou muito minha barriga até ficou mais baixa, fiquei de observação, só escutando o coração da nossa princesa até os médicos me avaliarem. Na terça-feira fizeram à cesárea, nossa filha não resistiu, não tive a chance de vê-la viva. Ainda não entendi o que aconteceu, até queria saber as causas para tentar me prevenir.

No atestado de óbito saiu que estava com hidropsia fetal, pneumonia, mal formação, Insuficiência respiratória, tanta coisa.. espero que ela não tenha sofrido. Não pude participar do enterro. Meu esposo providenciou tudo sozinho.

Hoje sinto saudades se estivesse comigo estaria completando 9 meses, estaria uma fofura. Entreguei minha dor pro Senhor e hoje fui curada, não perdemos uma filha, ganhamos um anjo no céu, intercedendo por nós! A maior graça que Deus me deu. Não foi fácil, mais estou aqui esperando o tempo de Deus. Só louvo e agradeço a Deus por tudo.

Mãezinhas jamais duvidem do amor de Deus, Acredito que nada de ruim é vontade de Deus. Ele permite que isso aconteça por causa do nosso livre arbítrio e às vezes escolhemos o caminho errado que nos trás consequências.

Depoimento enviado pela mãe Helenice Rodrigues

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Érica Quintans disse:

    Querida Helenice,
    Sentimos muito a perda de sua menina, e agradecemos que dividiu a história de vocês conosco.
    Lembre-se que pra sempre você será mãe da Ana Julia e ela tem muita sorte por isso.
    Um abraço carinhoso,
    Érica Quintans – Equipe Temos que Falar Sobre Isso

    Curtir

  2. Viviane camargo disse:

    Lindo q deus abençoe tb perdi uma filha hoje ela teria11 meses meu ANJO foi morar com Deus quando completou três meses nasceu com cardiopatia e teve pneumonia fico um mês na UTI e faleceu era minha primeira filha mas busquei consolo em Deus e ele me sustenta todos os dias

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s