Desmame gradual

Por Thami Hull (Doula e fotógrafa, Colo de mãe – Consultoria)

22 Junho 2015


É importante que o desmame seja feito por um desejo da mãe, que junto com o bebê acharão a melhor maneira para isso e nunca tenha como ponto de partida pressões externas. Existem alternativas de aleitamento exclusivo na volta ao trabalho, armazenamento para bebês que ficarão em creches ou escolinhas, nesses casos se for apenas por esses motivos não será necessário fazer o desmame.

Para que o bebê tenha um processo de desmame tranquilo e não traumático, é necessário que a introdução alimentar seja feita de forma gradual e empática, observando os alimentos que o bebê mais gosta de ingerir e principalmente entendendo que a quantidade ideal é aquela que o bebê aceita e não a que nós achamos que ele deveria aceitar. Esse é um ponto muito difícil de lidar porque temos a cultura do “bebê gordo”, do “bebê que come tudo”, isso além de relativo é muito pessoal e só a família deve decidir sobre o assunto, sem interferências externas (indico pesquisas sobre o método de introdução alimentar BLW).

Iniciada a introdução alimentar, automáticamente se inicia o desmame. Assim que o bebê prova o primeiro alimento além do leite materno, o desmame gradual é iniciado. Quando essa introdução é feita com orientação adequada, sem pressa, respeitando o tempo do bebê, o desmame fica muito mais fácil, já que existe a possibilidade de substituição de algumas mamadas.

A primeira dica pra iniciar o desmame é observar cada mamada e identificar quais são, por fome, sede e por aconchengo mesmo. A partir daí pode-se fazer substituições por água, alimento e brincadeiras. Mostre ao bebê que ele pode ter o colo e a presença da mãe sem que seja necessário estar mamando.

Existem duas técnicas bastante eficazes pra esse processo: a técnica da contagem de tempo e a técnica da distração.

A técnica da contagem de tempo consiste em cantar uma musiquinha ou contar (até 10 por exemplo) enquanto o bebê mama, de forma bem divertida e lúdica, a mãe mostra ao bebê que quando terminar a música, termina “o mamá”.

A técnica da distração, como o nome já diz, consiste em distrair o bebê do que lembre a amamentação. Se a mãe costuma amamentar no sofá, mudar o sofá de lugar, colocar uma manta e “fugir” de sentar nele pode ser uma solução. Se tiver poltrona de amamentar, se livra dela amiga! rsrsrs. A mãe deve também manter um diálogo com o bebê, quando a mama for solicitada pode usar a estratégia de pedir pra que ele espere até que a mãe tome banho ou termine de dobrar as roupas e assim por diante.

O desmame também pode ser programado, reduzindo mês a mês a quantidade de mamadas sempre conversando com o bebê e explicando a ele o que está acontecendo.

A base do desmame gradual e respeitoso é a comunicação e o respeito ao tempo dos envolvidos. Tenha o desmame como um “projeto” entre você e seu bebê e deve ser levado da forma mais natural e leve possível, lembrando que o bebê é a parte que não sabe se expressar e precisa ser informado de tudo com muito amor. O bebê precisa ser compreendido, precisa receber muito carinho e colo, já que algo que ele gosta muito e é acostumado está sendo tirado da sua rotina. Não faz nenhum sentido a mãe  ficar longe do bebê nesse momento, muitas vezes fazemos por falta de informação, mas isso é prejudicial para a criança.

Se em algum momento do processo o bebê solicitar mamar muitas vezes e você se sentir insegura e cansada, pode-se dar uma pausa de 3 ou 4 dias no processo de desmame e retomar depois, evitando assim a sensação de frustação ou de estar fazendo a coisa errada.

Não é fácil em nenhuma família, se você ouviu dizer que a prima da mãe da irmã da vizinha desmamou o filho facilmente dessa ou daquela forma, não se sinta inferior, nem sempre essas informações são verdadeiras, quase sempre as pessoas só querem parecer mais bem resolvidas que você. A GRAMA DO VIZINHO NÃO É MAIS VERDE QUE A SUA, pode acreditar!

Siga com amor e paciência sabendo que o processo de desmame pode levar de 3 a 6 meses,não é algo que acontece do dia para a noite.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s